Welcome to BREKGO

Seja bem-vindo à comunidade BrekGO. Aqui é o local ideal para quem gosta de jogos, livros, filmes, séries, animes e assuntos do nosso cotidiano, como política, saúde, entre outros. 

Torne-se um membro e participe de conversas amigáveis sobre os mais diversos temas. Membros da BG não vêem propagandas no fórum e é grátis. Então, o que está esperando para fazer parte da BrekGO?

Forums

  1. BG

    1. Geral

      Converse sobre tudo o que quiser...

      18,663
      posts
    2. Games

      Converse sobre jogos eletrônicos em geral.

      17,174
      posts
    3. Entretenimento

      Converse sobre filmes, séries, livros, animes, quadrinhos e música.

      4,279
      posts
    4. BrekPG

      Onde escrevemos nossas próprias histórias e jogamos "Play-By-Forum".

      1,706
      posts
  2. Especiais

    1. Mega

      Fórum especial do Mega.

      1,047
      posts
  • Posts

    • Eu tenho o péssimo hábito de discordar só delo prazer da discussão, mas até acho que os pontos que ele levantou são legais. Mas ele desenvolveu realmente de Forma muito subjetiva . não curti.
    • Eu achei o texto um show de subjetivismo. Tem pouca validade numa discussão séria.
    • Nossa, como tem gente burra nesse país.   Toda vez que alguém na melhor das intenções enfia uma espécie não nativa num ambiente diferente, ele ferra com o habitat e a vida dos animais e vegetais que lá vivem.   Se querem fazer santuário de elefantes que tal a África ou Ásia? Aí da merda, soltam esses bichos, ou eles morrem ou fazem merda que demorará décadas pra se resolver.   Basta ver o caso das abelhas africanas e dos caracóis de escargot que destruíram biomas inteiros.
    • Não acho que alguém tenha inveja de mim, mas existem pessoas invejosas ao redor de todos nós, nos empregos, estudos e até na vida em família.   Então, este texto me apareceu em.mãos e achei legal dividir.
    • Nem.perdi meu tempo com essas olimpíadas feitas pelo PT para todos os partidos roubarem. Ainda mais que ainda vaiaram Temer pelos roubos feitos quando ainda era Dilma a presidanta.   Uma amiga minha disse que quem não faz parte da solucao, faz  parte do problema. Nem concordo com essa frase (bem radical) mas fiz questão de não dar um clique em notícias das Olimpíadas.   Por mim, as pessoas bem deveriam  prestigiar esse roubo.
    • Entendo o mea culpa do cara.   Como participo de muitos fóruns de discussão, encontro pessoas que não se encaixam na definição padrão de racistas, elas tratam um negro assim como tratam um branco, podem namorar (ou não, gosto é pessoal) uma negra ou índia ou loira...   Mas não entendem ou aceitam que a vida de alguém que nasceu "da cor errada" é mais difícil.   Mas não curti o texto, o autor é muito emotivo, entendi o que ele quis dizer, mas pareceu... Sei lá... Muito emotivo para meu gosto.   Como não sou emotivo, ele e eu não dialogamos neste texto. Provavelmente uma explicação mais lógica me faria ter curtido mais o texto. Que, apesar disse, levanta um tema interessante.   Pra variar, só não concordo com a amiga que disse "se você não faz parte da solução, faz parte do problema", que também é uma frase super emotiva e sem lógica nenhuma.   Existem focas estuprando pinguins na Antarctica. Quem aqui está ajudando? Então somos todos parte do problema, ajudando focas estupradoras.   Não, se você não faz parte da solução seria legal vc fazer. Mas isso não torna vc automaticamente parte do problema. Assim como vc fazer parte da solução não impede vc de fazer parte do problema.
    • Estou retomando a leitura, após meses parado. Comecei com "Matrimônio do Céu e do Inferno", do William Blake. É livro pra terminar em 2 dias. Estou pensando agora no que ler em seguida.
    • Eu estou pegando o virus do troféu... antes eu não dava a menor bola para eles e não entendia as pessoas que se forçavam a conquistar mais troféus na psn. Mas agora vejo que, apesar de irracional, dá uma estranha vontade de colecionar a maior quantidade possível deles e pela primeira vez, acabei pensando em jogar um jogo meio chato só para pegar troféus fáceis. Que merda!