Ir para conteúdo

Leaderboard


Popular Content

Showing most liked content since 07-08-2018 in all areas

  1. 3 points
    Admiro sua persistência. Quando era mais novo eu gostava muito de escrever. Eu tinha um blog onde escrevia quase que diariamente. Dos tempos de escola até o tempo de faculdade eu andava com um segundo caderno onde eu escrevia um bocado sobre tudo. Daí chega a idade, as responsabilidades, os boletos, e fui deixando cada vez mais de lado. Tô com outro blog pronto, com a intenção de escrever sobre tecnologia e tal, instalei há alguns meses, fiz uns ajustes, mas não postei nenhum texto até agora. Sempre ponho algo na frente como prioridade. Um dia sai.
  2. 2 points
    Alguém de sua casa já conseguiu zerar esse jogo?Tento já tem alguns anos passar da fase do telhado...sempre morro com os miolos comidos!
  3. 2 points
    Puro vício...achei o jogo no meu notebook por acaso e já estou eu tentando zerar esse jogo que ficou engasgado na minha garganta por anos a fio ,sem finalizar... Plantas Versus Zumbis http://www.jogos360.com.br/plants_vs_zombies.html
  4. 2 points
    Pois é. Mas sou muito ignorante em investimentos e tenho medo de fazer merda. Preciso estudar mais um pouquinho antes de investir em algo mais rentável do que previdência privada.
  5. 2 points
    Faça aposentadoria privada, invista em vários lugares diferentes, mesmo que seja um pouquinho em cada. As regras de aposentadoria já mudaram, e a tendência é mudar sempre pra pior.
  6. 1 point
    Esse jogo era moleza quando veio no celular, porém quando instalei a atualização dele via Multi Store, fork do aptoide ele ficou muito mais difícil que antes.
  7. 1 point
    Eu li e recomendo. Livro muito bom, mas também tem horas que é cansativo e massante. Ainda assim tem muito o que aprender nele.
  8. 1 point
    Joguinho legal. Estou sofrendo pra passar do primeiro BOSS...
  9. 1 point
    Ainda não terminei de ler Dale Carnegie ,estou tentando resumir para passar em forma de estudo
  10. 1 point
    Sim preços abusivos, mas é uma vez por ano, ao contrario dos 30% de todas as transações no ecosistema E aparentemente o ecosistema da apple vai muito bem... https://techcrunch.com/2018/06/04/app-store-hits-20m-registered-developers-at-100b-in-revenues-500m-visitors-per-week/ 100 bilhoes em receitas somente pela venda na loja, sim é nescessario a venda de celulares e tablets, mas convelhamos tirar 30% de 20 milhoes de devs é muito mais lucrativo.
  11. 1 point
    A divulgação recente dos resultados financeiros fizeram a Apple chegar muito perto do valor de mercado de US$ 1 trilhão nesta quinta-feira (2). Pelo menos foi o que indicou o Yahoo Financepor volta das 11h40, que exibia dados imprecisos de número de ações. No início da tarde desta quinta, o resultado foi oficializado: a Apple se tornou a primeira empresa do mundo a atingir US$ 1 trilhão com um valor de ação de US$ 207,05. Para se ter uma ideia, é quase o PIB do México – a 15ª maior economia do mundo, segundo as Nações Unidas. Captura de tela do Yahoo Finance que mostra a valoração de US$ 1 trilhão. Falta ainda a atualização do número de ações Na prática, a valoração de US$ 1 trilhão mostra o quanto os investidores acreditam na empresa e na capacidade da companhia de ditar tendências de mercado. Algumas, inclusive, que podem soar esquisitas para o usuário comum. https://gizmodo.uol.com.br/apple-1-trilhao/ *** Tem gente que achava que a primeira a chegar a 1 trilhão seria a MS... Mas no fim foi a Apple, o que é natural por que faz tempo que ela estava perto dessa cifra. Pelo visto não pararemos de ver iPhones nem tão cedo... Mas entre MAC e PC, ainda fico com PC. E iPhone nunca tive.
  12. 1 point
    Ainda lendo esse...estou fazendo anotações... "Este livro escrito por Virginia M. Axline retrata a história de uma criança em busca de si mesma. A criança chama-se Dibs filho de um renomado cientista e de uma cirurgiã, irmão de Dorothy. Logo no começo do livro vemos a diferença entre ele e os demais alunos. Na hora de ir ao almoço na escola todas as crianças faziam o barulho habitual e corriam de um lado ao outro, mas Dibs se encontrava quieto, no canto da sala, cabeça baixa e braços dobrados. A psicóloga da escola tentou se aproximar da criança, mas não houve sucesso e o mesmo aconteceu com a pediatra, nele havia uma repulsa pelo jaleco branco onde o mesmo ficava com mãos em garra a ponto de se defender. E assim crescia a duvida se seria retardo mental, psicopatia ou até mesmo lesão cerebral. As equipes de professores começaram a ficar preocupados com o caso do garoto e decidiram tomar algumas atitudes quando os pais dos outros alunos começaram a reclamar do comportamento estranho de Dibs e sobretudo depois que ele arranhou uma criança. Nesse momento convidam a psicóloga Virginia para participar de uma reunião onde explanariam o caso de Dibs. Nessa reunião a professora diz que a mãe do garoto é complicada que ela prefere acreditar que o filho é um retardado mental do que emocionalmente perturbado e que talvez a própria mãe seja a responsável. Virginia decide fazer ludoterapia com seu mais novo paciente caso os pais concordassem. Na manhã seguinte a psicóloga chega à escola primeiro que as crianças na busca de obter mais informações acerca de Dibs na tentativa de ajudá-lo a se alto decifrar. A professora Miss Jane diz que nunca se sabe o estado de ânimo dele que jamais alguém da escola o viu sorrindo ou um ar de felicidade. Virginia ficou ali observando as crianças chegando à escola, todas com ar de felicidade retirando seus chapéus pendurando cada um seu próprio cabide. Logo em seguida Dibs chegou com sua mãe que o conduziu pra sala de aula. A professora perguntou se ele gostaria de retirar o casaco, mas nada respondeu. A criança estava pálida e a professora como de costume tira o sobre tudo e o chapéu de Dibs. O garoto é chamado por outro colega, mas se não fosse pela rapidez do colega em se desviar levaria uma arranhão de Dibs. Os pais aceitam a ludoterapia e Dibs começa a chamar de D.A. a terapeuta Virginia. As terapias foram feitas no Centro de Orientação Infantil onde Virginia trabalhava. Os brinquedos iriam fazer a criança sentir suas próprias emoções buscando encarar o medo a fim de diminuir o sofrimento e dor. No inicio o analisando ficava quieto, mas depois foi se abrindo a terapia. As portas não poderiam ficar fechadas no começo e DIBS demonstrou que não gostava de seus pais e da irmã Dorothy. A forma como DIBS falava pra sua idade era impressionante, uma linguagem cheia de força. A cada sessão era notável um melhoramento e o primeiro sinal disso foi quando ele passou a tirar seu casaco e sapato. Começou a nascer uma resignificação onde o ódio, medo, raiva começaram a ser substituídos pelo sentimento de confiança e alegria. A criança passou há ficar menos tempo em seu quarto e foi sendo mais aceito em casa, passou a conversar mais com seus pais e já comia na mesa com a família. E pra animo dos professores, Dibs passou a se interessar por atividade em grupo e a fazer amizades, ao passo que foi percebido que a criança não tinha nenhum retardo mental pelo contrário era dono de uma inteligência incrível que se manteve guardada por tanto tempo, mas que agora estava sendo exteriorizada e trabalhada. Graças a D.A Dibs conseguiu se auto conhecer e demonstrar seus sentimentos, pois antes os sentimentos ficavam escondidos, guardados dentro de si causando momentos de crise raivosa. Dibs foi rejeitado desde o ventre de sua mãe a grande cirurgiã que assim que ficou grávida achou que tudo em sua vida tinha acabado e que sua carreia profissional estaria arruinada. E quando nasceu esse peso em suas costas aumentou ainda mais, pois a culpa da mãe trabalhar e do casamento não está tão satisfatório como antes estava sobre Dibs. Partindo disso nas sessões de ludoterapia Dibs descobriu que existe o perdão. A criança fez uso dessa ferramenta perdoando seus pais e sua irmã, podendo se abrir ao seu autoconhecimento, resignificação e crescimento. " Dayvison Heber
  13. 1 point
    Pior coisa do mundo é ter que lidar com pessoas as quais você não confia...tudo que você disser poderá ser usado contra vc num tribunal qualquer da vida. Tipo , eu acho isso complicado pra caramba , lidar com um ser humano que você não sabe se está ao teu lado pra te apoiar ou te esmagar a qualquer momento. Sinceramente , as vezes acho que o relacionamento humano está cada dia mais em extinção, encontrar um Ser Humano que não pense em si mesmo o tempo todo, tá difícil.Isso vai afastando as pessoas e esfriando o amor nos corações...
  14. 1 point
    Hahahaha...não entendi nada Brek, mas se vc achou que é bom pra gente tudo bem! Desde o ano passado comecei a me interessar por crianças e adolescentes com necessidades especiais ,sempre tive alunos inclusos em minha sala e buscava fontes que me ajudavam a lidar com cada um de acordo com sua necessidade : retardo mental, síndrome de Down e outras coisas mais...quando lecionava para uma turma com alunos incluídos me sentia um pouco incapaz de tocar o íntimo deles e me desdobrava em pesquisas para ajudá-los efetivamente.Dava todo meu carinho possível a uma turma com 45 ou mais adolescentes e um ou mais com necessidades especiais. Anda acontecendo que estou fazendo um curso on line para lidar com crianças e jovens com necessidades especiais e já fui procurada para lecionar para uma jovem de 24 anos que teve um AVC e está voltando a falar e querendo reaprender a ler.Busquei ajuda de uma profissional fonoaudióloga amiga minha para me dar apoio e estou me preparando para entrar nesse universo...um pouco ansiosa ,pois achei interessante as coincidências...comecei a ler : Uma criança tratada como especial até os 5 anos ,mordia e arranhava alguns que tentavam se aproximar ,não se ouvia a sua voz ,apenas grunhidos e que de repente se encontra com uma psicóloga que resolve envolver o menino num tratamento utilizando como método da ludoterapia (método que usa o jogo e brincadeiras para conseguir a interação do paciente e assim conseguir aliviar algumas tristezas e traumas deles) Essa futura aluna minha, perdeu um bebê e em seguida teve um AVC, perdeu a fala e todos os movimentos , hoje depois de dois anos já movimenta um lado do corpo e fala com dificuldade, pois teve fazer traqueostomia ficando um bom tempo assim. Entrando nesse universo em 4,3,2...
  15. 1 point
    Primeiro debate entre os presidenciáveis: https://noticias.band.uol.com.br/eleicoes/aovivo/
  16. 1 point
  17. 1 point
    Terminei Altered Carbon. Só uma temporada, 10 episódios. A série se passa num futuro distópico em que as pessoas podem não morrer de verdade. A consciência das pessoas pode ser gravada num cartucho. Quando as pessoas morrem, estes cartuchos podem ser implantados em outro corpo. Se você tiver dinheiro suficiente, pode ter vida eterna. A série aborda de maneira bem interessante a sociedade, corrupção e até religião com relação a essa realidade. 8/10. Condensaram muita informação em poucos episódios, no começo é meio difícil absorver. Mas é boa.
  18. 1 point
    E não é que eu fiz de novo? Voltei a colocar o site da BG no ar. O mesmo site de sempre. Talvez alguém tenha visto nos últimos dias ele online, pois eu tinha que deixar online às vezes para testar algumas coisas no Wordpress. Agora devo deixa-lo online. Mas é basicamente um blog de artigos do entretenimento que devo atualizar só de vez em quando. Também estou com o blog bg8.com.br. Ambos devo atualizar só quando der, então tanto faz ter coisa nova ou não a cada semana.
  19. 1 point
    Bons animes dessa temporada: Cells at Work ! Você pode assistir no CR click aqui para ver Numero de episodios: 12 (?) não tenho certeza Temática: Ação, Comedia, Educativo, Slice of Life. A serie se passa dentro do corpo de uma pessoa, cada episódio narra o que acontece dentro de uma pessoa, quando pega gripe ou uma alergia. As células protagonistas são uma Hemacia e um Leucocito, para quem viu Osmose Jones vai gostar. Recomendado para iniciantes de anime, estudantes e professores ! Tem meu selo de aprovação Platinum Made Hee Ho ! ================================================================== Grand Blue Numero de episodios: 12 (?) não tenho certeza Temática: Comedia, Slice of Life. Iori Kitahara iniciou uma nova pagina em sua vida, ele se tornou um universitário, ele se muda para a casa de seu tio que também é uma loja de mergulho, estranhamente o grupo de mergulho na faculdade passa mais o tempo vendo o fundo da garrafa do que o fundo do mar... ============================================= Não é da temporarada mas vale a pena dar uma olhada Kekkai Sensen - Blood Blockade Battlefront Você pode assistir no CR click aqui para ver Numero de episodios: 12 Temática: Ação, Comedia, Sobrenatural O anime foca em torno da organização de combate ao crimes magicos "Libra" situada em Hellsalem's Lot, ou Nova York depois da invasão de Cthulhu. Se a grande maçã era um calderão multi cultural e os moradores considerados esquisitos, agora com monstros e magia misturados na vida cotidiana... bem... não muda muito o fato de ser NY. Musica excelente, animação boa e um mundo bem construido, não faço ideia de não ter tido um sucesso... Muito legal a atenção para os detalhes geográficos, algums lugares eu ja tinha visitado. anime/vida real. E o anime tem muitos easter eggs, inclusive spoilers em lugares obvios.
  20. 1 point
    Suspeitei desde o princípio! Forever Alone
  21. 1 point
    Faço um plano privado e pago a minha autonomia , porém mas ainda estou na fase de controlar as despesas do lar... Complicou esse ano porque eu parei de trabalhar em 2017 para cuidar dos meus pais e meu esposo foi desligado no final do ano de seu emprego na câmara municipal como assessor legislativo,cargo comissionado, então já viu né?Esse ano foi um ano de muitos cortes em nossas despesas mensais.Ainda aguardando para alugar minha casa no Rio e conseguir algum dinheiro por fora.Entrei em contato com uma imobiliária e aguardo ...(só fico imaginando o que farei para conseguir me desapegar das caixas de livros e gibis que tenho lá na casa do Rio...putz...sinto uma dor no peito apenas de pensar nesse dia isso vai ser sinistro!)
  22. 1 point
    Mas voltando a falar de séries, terminei de ver o "little witch academia". É fofo, água com açúcar, mas gostei. Não vá esperando nada extraordinário, é bom pra relaxar. Os 3 últimos episódios (segunda temporada) são especialmente bons e fazem com sucesso a tarefa de fechar a série amarrando todas as pontas, coisa difícil de acontecer nos animes.
  23. 1 point
    Depois do delicioso OCOLAST, estou jogando OCOLAST: Origens do Paulo Guina. Muito mais difícil e delicioso esse:
  24. 1 point
    Bem esse tópico tem 23 páginas e estou sem tempo pra olhar tudo. Eu recomendo assistir Kaiji. Muito bom a série, voltada pra um público adulto!
  25. 1 point
    Li meses atrás , fala sobre a superação de várias fases da vida através da determinação e de versículos da bíblia. Lendo : Fazendo pequenas anotações pra passar adiante...vou demorar um pouco. Comecei a ler por influencia de um amigo que lia e fotografava algumas páginas pra que eu me interessasse pelo livro,de tanto ele fazer comercial de como esse livro estava ajudando sua vida emocional ,comecei a ler.Mas tb é do tipo que não consigo ler sem fazer anotações pois é muito rico. Estou amando e tem uma linguagem bem clara sobre como a gente sabota nossa vida com ações,pensamentos e costumes...muito bom. Os tópicos são pequenos e os assuntos abordados bem fortes e intrigantes. Nas leituras da bíblia estou no livro de Isaías , então já li 23 livros com a conclusão desse essa semana. Lendo vários artigos de livros e revistas sobre a aprendizagem da criança com Síndrome de Down para ajudar em um curso que estou fazendo. E isso é tudo !
  26. 1 point
    Toda vez que volto o fórum tá diferente, sempre se adaptando aos novos designs, muito bom! Terminei minha graduação em Ciência da Computação e agora estou no mestrado na mesma área, com foco em Sistemas Distribuídos. Estou trabalhando com P&D em big data numa start-up aqui da região, estamos tentando fazer as coisas virarem! Entretanto estou numa crise de existência profissional, fazer as coisas virarem é bem frustrante hahaha, ainda mais quando o negócio não é seu, provavelmente tentarei mais esse ano e caso não role vou trampar com alguma empresa da capital, que o trabalho é menos divertido mas mais certo. Esse ano vou começar a palestrar em alguns eventos na capital e aqui no interior também, isso está me dando um pouco de ansiedade mas muito mais empolgação! Acho que ultimamente é isso aí que tem rolado. Tô vendo apartamento pra comprar também (mesmo que comece a trampar na capital, acho que não abro mão da qualidade de vida do interior paulista). Saudades de vocês!
  27. 0 points
    Pois é, Mar! Eu estou passando por isso agora!
  28. 0 points
    Além de mim ninguém detonou aqui. Minhas filhas jogaram, mas desistiram de jogar para jogar outra coisa.
  29. 0 points
×