Ir para conteúdo

Lord Phisto

Membro
  • Total de itens

    42
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    7

Lord Phisto last won the day on November 22 2016

Lord Phisto had the most liked content!

Reputação

61 Excelente

Sobre Lord Phisto

  • Rank
    Membro Avançado
  • Data de Nascimento 18-01-1980

Informações de Perfil

  • Sexo
    Male
  • Localidade
    Volta Redonda
  • Interesses
    Tudo que possa ser aprendido...

Últimos Visitantes

309 visualizações
  1. [Sobre o RPG] O Retorno

    Oxi, Samuel Griveriere - Aka Smiv Szmiev ou também Guardião Sagrado de Gramart - rodou o mundo em busca de novas terras, tesouros e respostas, antes de voltar para Gramart e vingar a morte de seus pais destruindo o reino de Kroswader... ou seja... ele tem 10 anos de história antes do incio da história de Kroswader ^^ tamos aí
  2. @*L* É exatamente isso. Valeu pelas informações, estou a tanto tempo com a mesma marca que não sabia dessas listas... valeu mesmo. Então, sobre rodeios é exatamente isso, sou contra, não vou, não consumo produtos ligados e geralmente não consigo nem ficar perto de quem gosta. Sobre o consumo de carne eu realmente como carne, ovos, leite, etc... mas é como eu disse ao mega no outro tópico. A carne não está em um patamar superior aos vegetais para mim, assim como não está em um patamar superior aos minerais. Consumir qualquer um dos três significa absorver os nutrientes e me sentir grato por ter em meu organismo a energia concedida por outro ser. É meio confuso explicar sem entrar em uma longa conversa sobre metafísica então prefiro colocar sempre como a equivalência dos reinos. É o exemplo do tigre, ele vai comer a gazela de uma forma cruel, avassaladora, dolorida e mais outros adjetivos humanos que não fazem a mínima diferença para ele ou para ela. É a natureza dele, é o que sua evolução fez. Eu sou a favor de não haver criação de animais para abate, que cada um vá caçar seu próprio alimento, que lute com suas armas contra a sobrevivência do outro ser. Se venceu, é justo. Assim é a natureza, assim é o planeta. Mas seguindo essa mesma linha, então, não posso recriminar ou marginalizar humanos que usam as armas que a evolução lhes deram para vencer a batalha por alimento. A nós foi dado o dom da mente, a inteligência nos faz capazes de montar viveiros para nos alimentar de animais ali depositados ou até mesmo nascidos. É cruel, é avassalador, é dolorido e muitos outros adjetivos que só fazem sentido para nós. A vida é um dom, porém se todos fossem imortais o planeta colapsaria. O equilibro da existencial depende da mescla entre as energias existentes e, para isso, alguns seres vivos precisam se transmutar para parte de outros seres vivos. Um mineral não é menos importante que eu, uma gazela não é menos importante que eu, um tigre não é menos importante que eu. Todos tem a mesma importância e todos se tornam um em algum momento... O tigre morre, é absorvido pela terra e sua energia se dissipa entre os minerais, que vão servir de alimento aos vegetais, que vão servir de alimento à gazela, que vai servir de alimento a outro tigre e assim gira a roda. O que sou contra não é a alimentação carnívora, onívora ou herbívora, no caso dos vegans eu sou contra apenas ao fato de ser chamado de "ladrão e assassino" e não poder chamar um vegano de ladrão e assassino por ele consumir vegetais (que eles afirmam não ter o mesmo valor existencial que os animais, ironicamente os "especistas" fazem o mesmo discurso sobre os animais não terem o mesmo valor existencial que os humanos... ). Sou contra o sequestro de qualquer espécie para forçar um bem a outra... Um beagle não deveria ser testado para que meu filho não tenha alergias... meu filho é que deveria ser testado. Sou contra a criação de animais de abate, mas não sou contra o direito de quem o faz, como eu já disse, existem milhões de anos de evolução social, evoluímos de nômades comedores "do que tinha para o dia" a seres sociais que conseguem produzir quase tudo o que precisam. Isso é muita coisa para questionar. Não é como questionar 1000 anos de religião... ou 500 anos de história do descobrimento... são milhões de anos de evolução... são milhares de anos documentados e outros milhões não documentados... é muita coisa...
  3. Então, cara, a questão é justamente essa, a tecnologia existe (à época não existia direito) porém testar em animais é simplesmente mais barato. E o grande lance é justamente esse, os produtos existentes já foram testados, então não tem sentido nem debatermos sobre eles, já foi, os animais já morreram, vingar a morte (matar os testadores, multar as empresas, fechar, depredar) é idiotice de quem faz pirraça (como muitos grupos de defesa dos animais). A ideia realmente moderna e esclarecida do povo protestar, que poucos fazem, é não adquirir nenhum produto testado em animais. E poucos fazem e poucos o farão pois é mais caro, sim, muito mais caro um shampoo não testado em animais, o dobro do preço quase ( eu uso somente uma marca, somente um shampoo/condicionador que tem essa característica e ele custa o dobro de outras marcas, a embalagem pequena sai por quase 30% a mais que a embalagem grande de outras marcas...=/). É parecido com o que falei no outro tópico sobre as marcas nocivas, como Samsung, Apple e algumas outras, que usam mão de obra escrava/ou semiescrava para fabricar seus produtos, daí muita gente quer ter o melhor produto pelo melhor preço e ainda adquirem esses produtos em lojas como as Casas Bahia que utilizam manobras políticas (leia-se corrupção ativa) para diminuir seus custos... nem posso começar com essas coisas ou não saio desse rumo e desvirtuo o tópico..rsrs Mas é insano usar animais para a indústria cosmética, oras, se é para o bem da humanidade, que usem humanos! É minha opinião desde sempre. Achar que as outras espécies estão aqui para nos servir é muita pretensão humana. Claro que, se formos olhar para o quesito alimentação, temos que pensar na natureza como um todo e aí é simplismo, a meu ver, não nos alimentar de uma ou outra espécie viva... afinal, um leão come um boi, assim como um boi come o mato, assim como o mato come minerais... O leão usa as armas que tem contra o boi (agilidade, instinto, força, dentes e garras) o boi usa as armas que tem contra o mato (err... dentes) e o mato as que tem contra os minerais (raízes)... então, os humanos usam o que tem contra os outros animais (cérebro)... justo? Justiça é inconsistente aqui, simplesmente é o que acontece, independente se é ou não justo. Eu tenho dó de ver um leão ou um tigre ou um lobo ou uma águia ou uma coruja atacando outro animal, me dói ver os olhos da presa... sério mesmo... mas entendo que um morre pelas mãos do outro e o outro vai morrer pelas mãos do outro (tempo ou outros predadores), entendo que, dessa forma, humanos tem vantagem contra os animais, pois possuem polegares opositores que facilitam ou permitem o desenvolvimento intelectual e um cérebro capaz de evoluir para o que temos hoje... Mesmo que tenhamos sido criados pelos Anunaki ou por uma divindade, evoluímos desde a criação e possuímos vantagens contra os outros habitantes do planeta... aliás, acredito que as teorias evolucionistas e criacionistas se complementam e reforçam as teorias "anunakistas" rsrs... acho que sou maluco. Bem, voltando ao tema, os testes podem salvar as vidas de milhares, milhões ou bilhões de pessoas, mas isto não é necessariamente uma boa coisa, pois além de estarmos sufocando a capacidade de vida do planeta simplesmente por existirmos em tamanho numero, somos covardes e não usamos os testes em nossa própria espécie... Quer um shampoo que não irrite os olhos do bebê? Testa nele até que os olhos não fiquem irritados com algum.. simples assim. Claro que a espécie humana, como ser social que é, não tem capacidade intelectual para fazer essas coisas, pois se armará do conceito de propriedades para elaborar a ordem dos testes... ou seja, um teste jamais será feito nos filhos do Bill Gates, mas talvez seja feito no meu... que sou "probim"... +- por aí...
  4. Bem, depois de um pequeno embate ideológico sobre a questão de alimentação em um tópico de política... para não continuar com o embate lá, eu criei esse aqui. O fato é que eu fiquei meio como defensor dos que se alimentam de carne... pois bem.. para dar uma ajeitada nisso, estou trazendo a opnião que eu tinha em 2004 e que é a mesma, 12 anos depois (nossa-mother-de-dios... to velho). Em 2004, no Hnet (outro fórum), eu sempre era o postador defensor da natureza... o ocultista... o maluco beleza... de lá pra cá, ainda acredito nas mesmas coisas, porém agora reconheço que não tenho o direito de mudar as pessoas... A imagem abaixo é o tópico em questão e o texto integral é: "Primeiramente, olá de novo, já faz algum tempo que não visito o Hangar... e mais tempo ainda que não posto... e devo confessar que somente entrei aqui por ter recebido um aviso sobre o tópico do Góris x Wolfgang - quem é o verdadeiro cagão... Mas aproveitando que estou aqui , lembrei de algo que gostaria de comentar, na cidade do rio o ator e vereador Claudio Cavalcanti criou uma lei proibindo os testes de medicamentos e cosméticos com animais... Em minha leiga visão, não estou certo de que seja tão necessário tais testes com essas cobaias, mas não sou cético a ponto de firmar minha opinião sem ter provas do que digo... acho que o investimento com tecnologia e principalmente, com testes virtuais (como no caso dos simuladores nucleares) poderiam substituir o uso das atuais cobaias... e vou além, acho até que poderiam ser criados clones de órgãos e de conjuntos de órgãos (até mesmo de cérebros) para que fossem efetivados tais testes... Tá, então minha opinião é: Eu acho que poderia haver mais investimento em tecnologia (bioengenharia e engenharia virtual) para substituir organismos vivos inteligentes (não considero os animais-não-humanos seres irracionais, só com um nível de racionalidade diferente do nosso) nas pesquisas pelo avanço da medicina (discordo totalmente da pesquisa estética). e vcs?" Então segue minha dúvida/pergunta. Eu sou contra os testes em animais, estendendo a ser contra os rodeios e criação de animais para abate. o link para o texto é: CRUELDADE COM ANIMAIS - real? necessário? É Realmente necessário testar em animais?
  5. Oak Island - Misterios misteriosos ocultos e escondidos

    cara... explica o fato da construção desse poço ter esse tamanho, ter materia prima que não está na ilha e tantas armadilhas... Olha o tamanho do trabalho para simplesmente fazer por acaso... Tem, inclusive, material sobre uma incursão fenícia... sim, fckin fenícia na ilha... (claro que é bem viajante.. mas com boa vontade faz sentido...) Pra mim, ainda foi obra de Templários fugidos que morreram se trancando junto ao tesouro depois da exoneração da ordem (aka excomunhão, né? rs). No centro da cruz, foi encontrada uma cabeça de pedra, com uma espada gravada na testa... tipo.. err... túmulo de templário... nos pontos da cruz de cisne foram encontrados objetos artificialmente colocados alí... e em cada ponto do Sephiroth tem algum tipo de pista ou objeto... Porque moedas romanas estariam no navio que parou alí por acaso... por que fazer esse troço mto complexo se foi obra do acaso... sei lá.. pra mim é obra de Templário... Alias... Sir Al-Djebal mandou lembranças...=)
  6. Oak Island - Misterios misteriosos ocultos e escondidos

    Cara.. um velho inglês pra fazer isso tinha que ser o mestre Kame ou sei lá o Chuck Norris. Viu o vídeo? Acharam uma moeda romana e elos de ouro no fundo. Aliás, acharam uma espada romana esses dias. O history (Aliens!) está fazendo uma série sobre o dia a dia dos novos donos da ilha.. eles tentam descobrir o que há no fundo.. e tipo.. já torraram milhoes de doletas para isso.. Aí, chega no final e tem um baú com o equivalente a 10.000 dolares.. ashduhas (pra época 1790+-, seria uma riqueza infinita.. mas hoje... ashusdhauhsdha) Mas tipo.. to achando show a leitura sobre a oak island. A cada dia tenho novas teorias.
  7. A polêmica "Fátia Bernardes x traficantes x policiais"

    @Mega Você está fazendo exatamente o os "coitadistas" fazem. "Minha doutrina é melhor que a sua, então a sua é idiota." Você está sendo arrogante e prepotente tentando justificar suas escolhas. VOCÊ é vegano, bom pra você. E só. Isso é errado? não, claro que não. mas não te dá o direito de me dizer que o que faço é errado. Isso é coisa de quem ainda tem muito o que evoluir, eu já pensei como você, mas depois cresci. É uma fase, vai passar. Só isso. agora... já que você (assim como todos os veganos, petistas, torcedores de futebol ou religiosos) faz questão de debater, mesmo não tendo nenhum sentido no tópico (talvez porque tópicos sobre este tipo de conversa não gere discussão por só ser frequentado por quem é a favor), então vamos lá, vou dar o que você quer: Sim, a vida de uma bactéria ou até mesmo um simples átomo tem o mesmo valor que um golfinho, um chimpanzé ou de um humano, seja eu, você, Barack Obama ou Angela Merkel. Você não acreditar nisso não faz menos verdade para mim, da mesma forma que eu não acreditar nas afirmações do veganismo não as fazem menos verdade para você. Não é mais importante, mas a utopia que você acredita não vai acontecer, é uma ilusão. O veganismo é bom para quem deixa de consumir os produtos. E vocês não o fazem por bondade, o fazem pois é melhor para sua saúde. E sim, se um canibal viesse e se alimentasse de mim eu, após ser digerido aceitaria a decisão dele, ué, ele já me consumiu, já ganhou a briga, já tentei me defender e não consegui, pirraça não está na minha lista de características, não deveria estar na de ninguém, mas infelizmente está se tornando um costume social do mundo atual. Aliás, se quer debater com ciência, procure ler mais. Pois seus argumentos, por mais que façam sentido, se baseiam em uma cultura recente e, cultura por cultura, a temos milhões de anos de cultura carnívora para entender... aliás.. até mesmo os vegetais possuem a mesma cultura que eu defendo: a troca. Um vegetal se alimenta de um mineral... de outro vegetal morto... de um animal morto... e nós, animais, nos alimentamos da mesma forma. Um vegetal não mata? ah.. mas plantas carnívoras são uma exceção.. certo? e Não acho que me dará razão, mas o que quero dizer é que existem milhões ou bilhões de anos de evolução das espécies e vcs, veganos, querem afirmar que, baseados em estudos de duas dezenas de anos, toda a evolução alimentar das espécies é errada ou circunstancial? Não vai conseguir com esses argumentos, desculpe. O reino vegetal está repleto de alimentação canibal, de vegetais carnívoros e muito mais. E volto a repetir, não acho e nunca achei o veganismo errado, só não sou praticante e não aceito que um vegano diga que eu estou errado por consumir o que quer que seja. Se eu quiser virar canibal e alguém quiser me doar uma perna para me alimentar eu vou fazer e ponto. Não é certo ou errado, é simplesmente um evento ocorrendo. Oras, como assim? Então alguém dizer que comer carne é um direito natural e não querer colocar os animais no mesmo patamar dos humanos é errado, mas você pode dizer que os vegetais ou minerais não estão no mesmo patamar dos animais é certo? Dualidade de valores.. isso que vejo em todo mundo muito liberal... Quando é minha opção vale.. mas a sua não.. Substitua em suas colocações os vegetais e minerais por animais "não-humanos ou não-domesticados" e vai ter exatamente o que os "especistas" como vc chama defendem. É uma questão de visão, você enxerga o direito dos animais, ok, justo, o engraçado de tudo isso é que eu concordo. Sou contra rodeios, sou contra a criação de animais de corte, sou contra usar couro, sou contra muitas coisas que renegam o direito existencial dos animais. Mas não posso negar a existência e o direito de cada um ter sua opnião e, mesmo não querendo, vivo numa sociedade onde a necessidade de muitos supera a necessidade de poucos. Se a maioria da sociedade humana evoluiu de forma a utilizar como base alimentar o trigo, o milho e a carne não serei eu a dizer que milhares de anos de evolução social estão errados... que arrogância seria a minha. E você ainda não percebeu que em momento nenhum eu lhe havia chamado de inculto ou de errado, simplesmente havia dito o quanto eu discordo e o quanto isso era minha, MINHA opinião. Mas suas negações me fizeram enxergar que você leu tudo o que escrevi pela ótica do idealismo e que não irá nunca dar o braço a torcer por preconceito... afinal, sou um "especista" não posso ter argumentos corretos... sei lá o porque. Vocês, veganos, não usam nada derivado de animais. Mas usam plástico e gasolina.. e não importa que o efeito da utilização desses derivados de petróleo matem diariamente milhões de animais e causem pobreza... Compram roupas fabricadas por escravos nas lojas de departamento famosas... Adquirem Iphones desenvolvidos por chineses que trabalham em semi-escravidão. Entrei em alguns fóruns e sites veganos para comprovar uma teoria... e sim, Iphones, Samsungs, Gucci, Ray Ban, e muitas outras grandes marcas "cult"... rs.. ser veganos é ser chique uai. Marcas condenadas por escravidão, produtos derivados de petróleo, produtos que destroem algumas localidades africanas por jóias para ornamentar suas bolsinhas... Legal né...=) Quem sou eu para julgar? Ninguém. Mas não uso nenhum desses produtos por escolha pessoa e discordar da escravidão. Não vou a rodeios e divulgo sempre informações contra por discordar dessa prática. Mas eu como carne, ovos, leite, uso computadores, papel, seda, plástico, gasolina. Não sou santo, não sou melhor que ninguém, mas não é porque você não come carne, ovos ou leito que é melhor que os outros. Humildade, sem ela você vai escrever milhões de linhas e no final vai dizer a mesma coisa... nada. Mais uma coisa, plantas tem cérebro. http://hypescience.com/a-planta-com-capacidade-de-aprender-e-lembrar-como-os-animais/ http://portugalmundial.com/2015/03/plantas-tem-memoria-sentem-dor-e-sao-inteligentes/# Claro que para cada 10 textos dizendo que sim, existem 10 textos de sites de veganismos repetindo que não... então cabe a cada um, como sempre, decidir... mas o fato é que os vegetais, fisicamente falando, tem estruturas análogas a nosso sistema nervoso... se funciona para a mesma necessidade, não temos conhecimento ainda para averiguar.. mas algumas sim. Se ficar provado isso (já existem espécies de plantas com provas científicas disso) você irá deixar de se alimentar de vegetais também? É o caso.
  8. Vamos falar de política!

    Concordo e concordo... tristemente.. mas concordo e concordo...=/
  9. Oak Island - Misterios misteriosos ocultos e escondidos

    Alguém já conhece a história? se não, vejam o vídeo, são 25min, esse youtuber é bem legal e fornece bastante informação, não é um adolescente...rsrs.. podem ficar tranquilos. Basicamente e resumidamente, a história é sobre um poço encontrado em uma pequena ilha do Canadá cujo fundo está sendo buscado desde 1795. Suas peculiaridades são tão grandes que fica difícil seguir uma explicação simples. O poço conta com barragens de carvalho (que não existem na ilha), fibra de coco (que não existem na ilha), armadilhas com tuneis de centenas de metros jorrando agua do mar quando uma determinada área fosse encontrada (coisa molinha de fazer... ) e ainda uma pedra com um texto escrito em uma língua misteriosa... "Quarenta pés abaixo, dois milhões estão enterrados" !Uatarréu! Outra questão interessante é o fato da existencial da "cruz de Nolan": Um morador da olha encontrou algumas pedras lapidadas em sua propriedade que formavam uma cruz perfeita, igual à Cruz do Norte - Constelação de Cisne Well, a cruz também poderia indicar os dez Sephirot, e aí entra a parte meio louca... a intercessão com a obra de Shakespeare... cara.. veja o vídeo.. to meio animado demais e lendo sobre o assunto em vários outros sites pra entender... hehehe... A questão que mais me chamou a atenção e que me fez lembrar dos túmulos egípcios, ao fundo da maior escavação já feita na olha, encontraram uma mão humana (câmeras filmaram) e baús de madeira. Essa imagem mostra o que foi encontrado a cada distancia... cara.. isso é de antes de 1795 (quando o poço foi descoberto...) Teorias sobre piratas guardando um tesouro espanhól, extraterrestres, templários, illuminati, Shakespeare ... sim.. "fckin Cheiquispiarl"! Well, segue o link para o vídeo e o link para a matéria completa: http://www.assombrado.com.br/2014/09/o-poco-do-dinheiro-da-oak-island.html Pra mim é um tesouro Templário. Poucos grupos teriam tanta engenhosidade, tanta engenharia e algum tesouro tão foda para esconder. Mas e aí? o que pensar sobre? Imagens tiradas da matéria:
  10. Vamos falar de política!

    Sobre a mudança ainda, eu tenho muitas ideias de como melhorar o ensino médio, mas sempre esbarro na pirâmide de aprendizado, onde tem muito - mas muito mais mesmo - peso a base do ensino e toda a informação que é dada à pessoa em sua fase inicial da socialização... voltando novamente... ensino fundamental. Creio que qualquer coisa que fizermos para melhorar o ensino médio, técnico e superior vai ser dinheiro jogado fora, não vai ser bem absorvido pelos estudantes que, na prática, não tem o discernimento necessário para avaliar suas próprias escolhas. O ensino fundamental deve ser forte e rígido, ensinar mais o que é necessário para a convivência social e dar menos opções às crianças. A fundamentação social deve ser tratada com seriedade e os professores treinados para ser exclusivamente professores do ensino fundamental. Sem a opção de mesclar o ensino, o professor dessa fase deve ter as diretrizes específicas para essa fase. Claro que ele deve ser, além de capacitado muito bem remunerado e ser tratado com o respeito que um professor de nível superior tem, pois é mais - MUITO MAIS MESMO - necessário que o professor universitário, uma vez que formaria toda a base de cidadania do indivíduo... mas isso é utópico.. nunca será implantado pelo poder público e é inviável para a iniciativa privada... só acontece na Ásia e em alguns países da Europa e Oceania...rs.. mas... sonhar não custa nada. Sobre o PM, eu sou um crítico da PM. Acho que existem muitos bandidos de farda que só servem para sujar o nome da corporação e para aumentar a sensação de impunidade que temos. A polícia militar deveria ser o primeiro nível de defesa da população, mas o estado faz questão de deixá-la cada vez mais sucateada e a cada dia menos efetiva. Tenho alguns amigos PMs: Um deles casou e fui padrinho à duas semanas. Ele é um cara sério, não aceita malandragem e não aceita suborno de forma alguma... mesmo as carteiradas ele não usa. Esse cara é respeitado pelos colegas, mesmo quando acontece alguma coisa ilegal dentro da polícia eles sequer contam com ele ou contam a ele. Mas não dá para ser Jesus, ele tem família e a própria vida e não pode sair entregando os colegas de profissão. Me contou que estava extremamente incomodado por ter dado uma caixa de cerveja ao supervisor após o mesmo ter aprovado suas folgas e parte das férias para após o casamento. Foi um presente PÓS evento (inclusive fui com ele comprar a caixa) e não foi usado como moeda de troca para a aprovação, mas mesmo assim ele se sentiu incomodado com isso. Outro amigo é PM em SP e sempre foi um cara honesto, sério mesmo, ele talvez fosse o mais honrado do grupo de RPG que tínhamos. Estudava artes marciais e praticava na vida pessoal os princípios do Bushido (claro que atualizados para os dias de hoje) e muito da filosofia de honra. Este amigo foi trabalhar na PM de SP e atualmente soube que ele até planta armas em bandidos mortos em troca de tiro. Fiquei chocado, como assim ele??? Mas ao saber de toda a história, mesmo eu, que sou muito "caxias" consigo compreender seus motivos. Quando um PM mata um bandido, existe muita papelada a preencher, entrevistas com psicólogos e com os superiores. A burocracia também faz com que os bandidos presos voltem às ruas no dia seguinte, dando aos policiais uma sensação de impotência imensa. Esse meu amigo ficou durante 2 anos seguindo 100% ou quase 100% das regras e evitando qualquer coisa imoral, mas depois de perceber que as coisas simplesmente não funcionam, passou a adotar os atalhos do sistema. De tanto prender as mesmas pessoas, passou a aceitar, vejam só, as armas dos marginais como acerto para não prende-los e, assim, utilizá-las para justificar o outro marginal morto. É ilegal? Sim. É imoral? Sim. Mas quem trabalha no dia a dia lidando com essas situações de stress e risco de morte (seu e de sua família), depois de um tempo, começa a não julgar mais pelos mesmos princípios que nós fazemos, nós que não estamos lidando com situações de vida, morte e ferimentos. Ainda tenho mais amigos PMs que são pilantras mesmo, que, aliás, não são mais amigos e sim meros conhecidos que já foram meus amigos. Se você pensar bem sobre isso e deixar a ideologia de lado, verá que não é tão difícil sucumbir a essas questões que tanto abominamos. O julgamento de cada dia é manchado pelo emocional, mas o julgamento de cada mês não tem isso. Quando estamos no momento da decisão, tudo que temos são as questões que estão ativas no momento... dor, cansaço, desespero, alegrias, tristezas, medos, raiva, salário atrasado, equipamento defasado... coisas assim. Nesse momento tomamos decisões que podem ou não ser acertadas, mas que nunca devem ser tomadas (ou imaginadas) por que está atrás de um teclado de computador pensando friamente no evento. É muito fácil julgarmos um PM que aceita suborno, mas é difícil ver um pai de família aqui no RJ, por exemplo, que não recebe há três meses e vê o governador dizendo na TV que não tem dinheiro para pagar o salário desse mês, novamente. Exemplo fictício? não não.. isso está acontecendo com um outro conhecido meu, que não recebeu as férias, não recebeu os últimos 2 meses, está com o aluguel atrasado e pode ser despejado daqui a 4 meses. Tem que ir trabalhar em um carro velho com defeito, usando uma arma defasada e ir para uma UPP que está ao lado de um centro de tráfico forte, onde rola fuzil, granada e escopeta. E aí? Vou repreender esse cara como? Vou falar pra ele, calma, lê esse livro de filosofia aqui, depois cozinha o livro e dá pra seu filho de 4 anos comer... seria isso? Não é certo aceitar qualquer tipo de suborno ou vantagem, até mesmo as "gueltas comerciais" onde um fabricante de uma marca te paga para dar prioridade à venda daquele produto. Não é certo furar a fila, não é certo ficar com um celular que achou na rua, nem mesmo com carteiras e bolsas... dinheiro eu não digo, pois dinheiro não tem nome, se for uma nota solta não há o que fazer se vc não a vir caindo. Não é certo se corromper com nada. Não é certo tirar a vida de nada, nem de animais, nem de vegetais, nem de minerais. Não é certo muita coisa. Mas vivemos em um mundo com uma regra/lei natural que se impõe a nossos conceitos ideológicos. Por isso, antes de tudo, devemos sempre colocar o "para mim" antes das frases, pois o que não é certo para mim pode ser necessário para você e o que não é certo para você pode ser essencial para mim.
  11. Vamos falar de política!

    Então, Eu sou a favor dessa alteração mais ou menos pelo mesmo motivo que o @Christian disse. A questão do como será feito não dá pra saber, pois mesmo que esteja todo o processo estabelecido, desenhado, oficializado e totalmente divulgado, na prática não faz diferença nenhuma para os "aplicadores", pois a forma de implantar quase nunca (ou nunca) segue o plano nas instituições públicas. É um absurdo, é idiota, é ilegal, é traiçoeiro, é imoral, é contraprodutivo, mas, acima de tudo, é real e é irrelevante o que pensamos. Eu creio que quanto mais seguirmos o exemplo da Coreia do Sul mais teremos a ganhar. A CdS era, há pouco tempo/poucas décadas, referencia em problemas educacionais, mas quando resolveram encarar de frente os problemas e mudar desde o básico até o avançado, começando pelo começo, conseguiram se tornar uma referencia mundial em educação, cidadania e cultura. Viram o que está havendo lá por esses dias? O povo se revoltou com uma amiga da presidente que estava participando do governo. E o governo se desculpou, se moveu e execrou os problemas... e ninguém disse que era golpe...rsrs "Nos seus quase quatros anos à frente da Coreia do Sul, Park Geun-hye enfrenta seu maior desafio: explicar como uma amiga, sem cargo oficial, teve acesso a documentos sigilosos, interferia nas nomeações e até decidia as cores das roupas que a presidente deveria usar. E esse é só início da investigação que tem como foco principal Choi Soon-sil, que está presa em Seul e já deu três depoimentos à promotoria. É uma antiga conhecida da presidente. A imprensa sul-coreana não sabe se a chama simplesmente de amiga, confidente ou conselheira espiritual." A questão é que o formato que estamos vendo tentarem implantar no Brasil é similar ao da Coreia do Sul e pode funcionar sim por aqui... mas para isso algumas coisas deveria mudar e não irão, como o posicionamento de "birra" de uma parte dos professores que protestam contra tudo pois, em sua visão, qualquer coisa feita pelo governo atual é uma tentativa de acabar com o governo anterior... coisas assim...rsrs... (não estou falando por falar, estou falando o que ouvi no SEPE-RJ, na sede de Volta Redonda/RJ, onde moro, há cerca de um mês, dito por suas "secretárias/diretoras/responsáveis" cada uma identificou a outra como uma dessas coisas... e na verdade eram só 3 sindicalistas ligadas à partidos socialistas que não querem o melhor para o país ou para os alunos ou sequer para os profissionais de sua categoria e sim o melhor para o próprio bolso... isso ficou claro pra mim). Mas ainda sobre a questão dos PMs: PM matou 3 ao reagir a assalto no Uber Esse PM reagiu a um assalto, matou 3 bandidos e está sendo crucificado por uma parcela do povo e aplaudido por outra... Acho que isso se enquadra muito no pensamento da população... alguns repudiam quando um PM "assassina" pessoas "indefesas" que "não tiveram chances" na sociedade e acabaram sendo "vitimas" do sistema maldoso que os "levaram" para o caminho do crime. Mas quando um "porco fardado" é morto pelos bandidos tudo bem, pois a PM é "toda corrupta" e os policiais são verdadeiros "bandidos de farda" que acham que mandam em tudo, são folgados e ficam na beira da estrada pegando arrego. Os que morreram deviam estar subindo os morros para extorquir bandidos ou os cidadãos de bem, que "só" usam uma "maconhazinha ou um pózinho" de vez em quando e não fazem mal a ninguém. Estou cansado do mundo... a cada dia mais...
  12. A polêmica "Fátia Bernardes x traficantes x policiais"

    @Goris e @Christian A globo vive de venda de anúncios, para isso precisa mostrar que os anúncios valem o preço pelo qual vendem, para isso precisa gerar um conteúdo que faça as pessoas dizerem seu nome (da emissora, dos apresentadores, das atrações, dos atores, etc), para isso gera conteúdo além do bem e do mal, o intuito nunca foi e nunca será gerar cultura ou o bem estar social e sim vender anúncio. É ilusão a utopia esperada onde as mídias irão fazer qualquer coisa simplesmente pelo fato de querer o bem ou pelo menos para divulgar o bem. Os jornais são as piores armas de venda da atualidade, pois vão além da atrações "totalmente ficção"(como novelas e séries) e vendem uma verdade enlatada, moldada para atender um objetivo e isso é extremamente lesivo. Há dois dias eu vi uma notícia que me fez sorrir e depois me chocar, em SP, dois bandidos estavam assaltando um motociclista, de arma em punho. Um outro motociclista passou e matou dos dois bandidos com muitos tiros. No jornal (do SBT) disseram que não era a primeira vez naquela área que ocorria algo do tipo. Até aí eu estava me sentindo satisfeito com a notícia, pois os bandidos não pensam duas vezes em atirar contra trabalhadores, mesmo quando não há reação. Pois bem, a reportagem acabou e a imagem voltou para o ancora do jornal que estava inconformado (mesmo sem dar qualquer tipo de declaração pessoal - é proibido no SBT desde o caso da Rachel Sherazade, que tirou milhões em anúncios da caixa do SBT com seus editoriais sinceros e de "direita" pois criticava ferrenhamente o PT e sua política pública de desvios, desmazelos, incompetência e maquiagem) com o ocorrido, não com o assalto violento a mão armada, mas com a morte dos dois bandidos. A notícia seguiu, então, com o âncora que informou o tamanho do esforço da polícia para localizar os assassinos "subliminarmente chamados de covardes". O mundo que vivemos, graças ao estúpido Barry Allen e ao maldito Dr. Bishop, se arma de raiva quando alguém se sente inconformado com os bandidos e resolve fazer o que pagou a vida inteira para ser feito e teve o dinheiro roubado por incompetentes e maquiadores. Segurança. É o mundo incompreensível onde sou machista meramente por ser homem, onde sou racista meramente por ser branco, onde sou homofóbico meramente por ser heterossexual, onde sou "coxinha" meramente por achar absurdo uma quadrilha desviar bilhões, onde sou de direita meramente por ser contra o "coitadismo". [[[ aparentemente sou ladrão e assassino também meramente por comer os alimentos pelos quais eu pago, mas seu eu comer alface deixo de ser tudo isso também, né;) ]]] É um mundo muito estranho... não sei se terei paciência por muito tempo para manter a calma e não efetuar nenhuma ação corretiva... =/
  13. Vamos falar de política!

    kkkkkkkkkkkkkkkkk está certo! a unanimidade é burra..ashuashuash.. sempre digo isso...
  14. A polêmica "Fátia Bernardes x traficantes x policiais"

    Quando você passa a encarar toda, TODA a vida como igual, ingerir os nutrientes de um alface ou de um boi tem o mesmo peso. A questão não é o que eu como e sim o quanto sou grato à existência daquele ser que se tornou parte de mim, como eu me tornarei parte de algo maior. Não julgo quem acha certo ingerir esse ou aquele nutriente especificamente, por motivos pessoais (mais saúde) ou por motivos benevolentes (evitar mortes), só não entro nessas discussões. Escolha pessoal é escolha pessoal. só acho arrogância julgar que o reino animal deve ter privilégios sobre o reino vegetal ou mineral... todos precisamos de todos e todos somos iguais, se necessário eu me alimentaria de humanos... Contudo sou completamente contra qualquer utilização de animais em entretenimento ou testes, prefiro ver bebês humanos sendo testados para cosméticos do que bebês de ratos, pois ratos não usam cosméticos... e gostaria muito de ver vaqueiros/cowboys sendo estraçalhados pelas vaquinhas e pelos bois... mas não tenho direito sobre isso e se eles acham certo, quem sou eu para criticar... EU não faria... mas EU não sou chefe de nada... minhas escolhas são simplesmente MINHAS. @Christian Confesso que não havia me tocado sobre a questão e respondi a pergunta como se tivesse sido feita a mim, na questão total eu acredito que, indiferente da posição pessoal o médico faria a escolha da vida, mesmo ele sendo contra salvar um assassino. Pois profissões no ramo da saúde (e algumas outras) AINDA tem a honra como principio e o julgamento é feito sob essa ótica. @Maressa Kristorm Eu sou contra a pena de morte, exceto em casos explícitos, por exemplo, um bandido mata alguém na minha frente para assaltar eu defendo o direito de matar imediatamente esse bandido. Mas isso foge da capacidade da civilização pois a vingança sempre terá um crescimento exponencial... e a passionalidade sempre fará com que julguemos unilateralmente. Eu mataria com as mãos alguém que matasse outro em minha frente (circunstancialmente falando, lógico que não sou o Goku... né?), mas como a sociedade saberia que eu realmente fiz justiça? pois as pessoas que sabem do evento estão mortas (quem foi morto e foi vingado e o assassino)... Não acredito em pena de morte institucional pois não acredito que seria justa, ou alguém aí acredita na imparcialidade do estado? Mas eu tenho pra mim que bandido bom não é bandido vivo e, como não há mais como exila-los da sociedade (prisão não faz isso e não existem mais territórios bárbaros) mantê-los indo e voltando só faz com que aprendam mais técnicas para usar contra quem trabalha e paga suas sobrevivências... @Christian Sobre a questão da pena de morte, eu concordo contigo, não é preciso puxar um gatilho para matar e ninguém deveria ser julgado dessa forma... todos os crimes deveriam ser avaliados de forma qualitativa e quantitativa... o Cabral, por exemplo, é mais assassino que o maníaco do parque.
  15. A polêmica "Fátia Bernardes x traficantes x policiais"

    @Christian Mesmo na pergunta completa eu sempre vou escolher deixar o traficante morrer. Da mesma forma que vou deixar o bêbado acidentado morrer (e não sou hipócrita, meu pai é/foi alcoólatra e sei como funciona a doença). Da mesma forma que vou deixar o drogado morrer. Da mesma forma que vou deixa o ladrão morrer. Da mesma forma que vou deixar o assassino morrer. Eu não aceito nenhuma forma de malandragem, nem mesmo aquela de furar a fila ou ficar com algo achado na rua. Claro que não sou santo, faço meus downloads e até indico a meus amigos, mas pago/pagava Netflix e o crunchyroll e também compro os DVDs originais dos filmes que quero ver. Eu não aceito que vendam ou usem drogas e sinceramente deixo de ter amizade quando descubro algo assim... recentemente deixei de ser amigo de um padrinho de casamento meu, não somente por ele ser usuário, mas por um conjunto de coisas que incluía isso. Eu não dirijo alcoolizado e sequer desrespeito os limites de velocidades, exceto quando não percebo, mas ao perceber tomo cuidado para estar dentro da legalidade (que no caso representa segurança). Eu não roubo e não mato, e não aceito que julguem que tirar algo dos outros (como a vida), seja justo. Se alguém pensa assim, nem tente debater comigo, vou simplesmente ignorar qualquer frase sobre isso. Por isso, sempre, em qualquer caso, vou levar um policial com unha encravada para encontrar ajuda e deixar o infrator (de qualquer coisa) para morrer cruelmente... sem nem pestanejar... não é sequer justa essa questão, pois estamos falando de um trabalhador ferido (em qualquer gravidade) contra um vagabundo quase morto... o vagabundo escolheu a vida de malandragem, que aproveite as consequências.
×