Welcome to BREKGO

Seja bem-vindo à comunidade BrekGO. Aqui é o local ideal para quem gosta de jogos, livros, filmes, séries, animes e assuntos do nosso cotidiano, como política, saúde, entre outros. 

Torne-se um membro e participe de conversas amigáveis sobre os mais diversos temas. Membros da BG não vêem propagandas no fórum e é grátis. Então, o que está esperando para fazer parte da BrekGO?

Registre-se no fórum e não veja mais anúncios como este! Registre-se agora! É rápido, fácil e gratuito! Já é usuário? Entre aqui!

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Mega

Pequenos desabafos e reclamações

223 posts neste tópico

Esse tópico é uma simulação do twitter.

 

- Não gostei do novo nome da BG porque na minha cabeça fica marcado Brasil Greek, e eu imagino uma bandeira do Brasil lado a lado com uma bandeira da Grécia.

 

- Comecei a jogar Evil Defenders só porque o Juggernaut tinha jogado também. Agora viciei nessa merda!

 

- Meu notebbok tá morrendo de velho, vou gastar uma grana nele, mas o risco de ser em vão é grande.

 

- Estou com 3 filmes legais pra assistir aqui, isso faz tempo, mas sem disposição. Estão juntando pó :(

 

- Os dvds do Góris não chegaram. Será que extraviou?

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nope, desculpe a demora.

Vc sempre pode notar meu nível de ocupação pela quantidade de posts que eu faço na BG, semana passada devo ter postado uma vez por dia, em média, então vc nota que tava ferrado de tempo.

Agora que já estão gravados, é só eu conseguir horário pra ir nos correios. O problema é esse.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Chato que estou com pouco tempo para postar ,fazendo apenas postagens rápidas.

 

Mas conseguindo otimizar meu tempo e descansando mais ,coisa quase inexistente nas ultimas semanas.

 

Mais algumas semanas e estarei bem ,terminarei de cuidar de uma infecção urinária.

 

Só eu fazia tópico de chat há alguns anos...agora...rs

 

Não é uma reclamação ,é só um fato! :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- de saco cheio da onipresença da revista veja e suas ideologias de merda.
- minha chefe é incompetente demais
- nunca dá tempo de fazer tudo o que preciso, quanto mais o que eu quero.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

-Pagando pensão pra minha ex. Segundo ela, eu não a deixei trabalhar e estudar todos os anos que vivemos juntos e é bipolar tipo depressiva quase suicida e não pode trabalhar.

 

-Um ano fazendo hora extra pra caramba e, quanto mais eu trabalhava, mais a fdp recebia, sem fazer nada.

 

-E ela ainda tentou usar de artimanhas legais pra tomar a casa que está ainda na justiça pra ser dividia...

 

Affe!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- O pior dessas eleições já passou. Já passou pro segundo turno.

 

- Fiquei o dia todo respirando fumaça se solda elétrica. Por que? Porque minha chefe é idiota demais!

 

- Em vez das feministas ficarem de briguinha partidária, deveriam logo se juntar no Partido Único das Mulheres. Vote no PUM você também!

 

- Saudades do Jugger, queria perguntar sobre o Zangief Kid. Que será que houve com o Casey Heynes? E o casamento dele, será que ainda está de pé?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mano, você tem noção? Em um ambulatório médico ela manda a reforma do portão de entrada acontecer em dia de semana, em horário de expediente! Podia deixar isso para o sábado ou qualquer outra data em que não estivesse funcionando.

 

Mas não! Todo mundo ficou o dia inteiro respirando poluição!!! Milagre os pacientes não terem ido à ouvidoria... Um colega nosso ficou dois dias afastado por problemas de saúde decorrentes do caso.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, pelo que o Mega comenta, não é picuinha dele para com ela, mas ela ser ruim (e burra) mesmo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Correndo atrás do meu tempo perdido... ;)

 

Cada dia tento otimizar mais meu tempo para ter tempo pra ficar um tempo sem gastar tempo com coisas que me fazem ter a sensação de perda de tempo e de vida...ufa...pronto falei! :)

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho um pouco de inveja do meu antigo EU. Antes eu tinha força de vontade para argumentar, usar minha capacidade lógica para expor ideias.

 

Mas hoje em dia me limito a absorver ideias alheias e silenciosamente colocá-las à prova, contextualizando a novidade cm todo o meu acervo anterior de experiências e conhecimentos. Comparo, refuto, me atualizo.

 

Mas não tenho mais aquela força para compartilhar tais descobertas. E é nesse momento que além de me sentir velho, cansado, incapacitado, impotente... ainda por cima me sinto também egoísta, hipócrita, narcisista, etc.

 

Porque, talvez, esse fosse o maior motivo de eu ter pedido um forum só pra mim aqui na BG: deixar um legado, um registro não só das minhas buscas, mas do resultado delas. Minhas jóias, eu as daria para vocês de todo coração.

 

Não para que vocês as adorassem, mas para que lhes servissem de matéria prima para novas lapidações que eu mesmo não fui capaz de idealizar, elas ficariam muito mais polidas, muito mais brilhantes e majestosas.

 

Mas não. O que fiz com tal privilégio, com tal dádiva? Nada! É só queixa em cima de queixa.

 

Porque eu não sou mais aquele jovem. Que saudade dele!

 

E é triste saber que tem muita luta a ser travada, muita desinformação a ser combatida, e ainda assim não abro meu baú nem para os meus melhores amigos. Guardo para mim. Levarei para o túmulo?

 

Só sei que hoje discutir não é algo empolgante, é como esgrimar um peido. É pior do que cansativo, é absurdo. Sisifamente absurdo.

 

Estou perdendo a minha capacidade de comunicação, meu sonho é trabalhar num lugar onde eu tenha o mínimo contato possível com outros seres humanos. Simplesmente não consigo mais suportar como antes.

 

Mas não confundam isso com intolerância. A intolerância também exige mais energia do que tenho. Pelo contrário, é um tipo muito esquisito de aceitação. É a aceitação do absurdo. Da violência alheia, da minha insignificância, da grande roda do destino. É uma maturidade melancólica e triste. Um pouco amargurada, mas muito serena.

 

É um tipo de serenidade que me assusta, que ainda não sei definir. Pois como disse, estou perdendo minha capacidade de comunicação.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- O desabafo acima não foi nem um pouco pequeno.

 

- Ninguém se importa com o fato de que a maioria das pessoas que nasceram em 57, hoje em dia tem 57 anos de idade!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- Comi no subway e fiquei o dia todo arrotando pimentão.

 

- As pessoas jogaram minha comida no lixo. Peguei do lixo e comi!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho um pouco de inveja do meu antigo EU. Antes eu tinha força de vontade para argumentar, usar minha capacidade lógica para expor ideias.

 

Mas hoje em dia me limito a absorver ideias alheias e silenciosamente colocá-las à prova, contextualizando a novidade cm todo o meu acervo anterior de experiências e conhecimentos. Comparo, refuto, me atualizo.

 

Mas não tenho mais aquela força para compartilhar tais descobertas. E é nesse momento que além de me sentir velho, cansado, incapacitado, impotente... ainda por cima me sinto também egoísta, hipócrita, narcisista, etc.

 

Porque, talvez, esse fosse o maior motivo de eu ter pedido um forum só pra mim aqui na BG: deixar um legado, um registro não só das minhas buscas, mas do resultado delas. Minhas jóias, eu as daria para vocês de todo coração.

 

Não para que vocês as adorassem, mas para que lhes servissem de matéria prima para novas lapidações que eu mesmo não fui capaz de idealizar, elas ficariam muito mais polidas, muito mais brilhantes e majestosas.

 

Mas não. O que fiz com tal privilégio, com tal dádiva? Nada! É só queixa em cima de queixa.

 

Porque eu não sou mais aquele jovem. Que saudade dele!

 

E é triste saber que tem muita luta a ser travada, muita desinformação a ser combatida, e ainda assim não abro meu baú nem para os meus melhores amigos. Guardo para mim. Levarei para o túmulo?

 

Só sei que hoje discutir não é algo empolgante, é como esgrimar um peido. É pior do que cansativo, é absurdo. Sisifamente absurdo.

 

Estou perdendo a minha capacidade de comunicação, meu sonho é trabalhar num lugar onde eu tenha o mínimo contato possível com outros seres humanos. Simplesmente não consigo mais suportar como antes.

 

Mas não confundam isso com intolerância. A intolerância também exige mais energia do que tenho. Pelo contrário, é um tipo muito esquisito de aceitação. É a aceitação do absurdo. Da violência alheia, da minha insignificância, da grande roda do destino. É uma maturidade melancólica e triste. Um pouco amargurada, mas muito serena.

 

É um tipo de serenidade que me assusta, que ainda não sei definir. Pois como disse, estou perdendo minha capacidade de comunicação.

Seja nem vindo aos 30 anos, Mega!

Quando eu fiz 30 anos meio que deu um bug enorme no meu cérebro, meio que eu me pegava pensando parecido.

 

Eu nunca liguei tanto para coisas materiais, tinha um bom emprego, que pagava bem...

 

Mas ao mesmo tempo, eu tava super desanimado, não tinha nada a mais, minha vida futura parecia que ia ser uma eterna sucessão de dias iguais, até eu me aposentar e morrer. E a idéia ao mesmo tempo que me desanimava, me fazia sentir fraco por eu não mudar tudo. Eu me sentia mal por minha vida ser monotona e , ao mesmo tempo, me sentia mal por não conseguir enxergar como mudaria minha vida.
 

Por você estar num momento de mudanças - sinto pelo fim de seu casamento - tudo volta a dar medo, afinal vc tem um milhão de possibilidades e, ao mesmo tempo, não sabe qual delas seguir, como dar o primeiro passo e deve se sentir cansado, amedrontado e inseguro sobre o que fazer.

Eu tenho saudades também de meu antigo eu, bem mais idiotamente inocente e esperançoso também.

Mas se vc ainda pode voltar a ser aquele cara cheio de energias, eu já não posso voltar a ser quem eu era. 

Bom, sem zoeira, acho que depois do fim de um casamento não teria nada melhor que vc procurar um analista, ir lá conversar nem que seja por umas 4 ou 5 sessões, até por que além disso tudo que eu disse acima, acho que vc está em depressão e seria legal vc estudar alimentos que ajudam a vencer a depressão - a natureza tem uma renca desses alimentos - pra vc melhorar um pouco.

Sem zoeira, como já comentei aqui na BG, levei um chifre da minha ex uns anos atrás e entrei em depressão. Cara, eu me recusava a achar que tinha que ir num psicóligo ou psiquiatra, mas acabei indo nos dois e o psiquiatra me deu uns remédios anti-depressivos que - obviamente - me tiraram da depressão. Cara, enquanto vc está deprimido, tudo é cinza e escuro, vc não consegue ver as opções por que a depressão te cega pra elas. Com medicação - ou alimentação anti-depressão - vc vai sair desse breu escuro e poderá ver melhor o que fazer e como fazer. 

Pense com carinho nesta dica.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mega pega aew... a lista de alimentos !!!!

 

Tem tb a possibilidade de não ser o fim de uma vida em comum.

Tire o tempo para refrescar a mente e verificar a possibilidade de ponderação.

Se tiver amor tudo pode ser restaurado,ainda que demore ,ou que não seja como antes.

As vezes vemos tudo preto ou branco mas existe o cinza...

Que tudo fique bem com vc! :)

Alimentos anti-estresse combatem a depressão e a ansiedade Conheça algumas opções capazes de melhorar seu ânimo e vitalidade

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 17/09/2010

daneilaa_171_128_128.jpg
Daniela Cyrulin

Nutrição

Já Ajudou 24.501 Pessoas
 

Mulheres que são mães, donas de casa e profissionais, tudo ao mesmo tempo. Homens bem sucedidos e que praticam esportes como atletas. Crianças que além das provas, ainda possuem muitas atividades após as aulas. Adolescentes em fase de vestibular. Com essa vida corrida é inevitável sentir os efeitos da pressão. No entanto, existem maneiras de amenizar estes sintomas. Que tal aliviar o stress através da alimentação? Existem alguns alimentos que podem ajudá-lo!

Alface: substâncias encontradas principalmente nos talos das folhas como a lactucina e lactupicrina, atuam como calmantes naturais.

Espinafre e brócolis: previnem a depressão. Contêm potássio e ácido fólico, importantes para o bom funcionamento das células, assim como o magnésio, o fosfato e às vitaminas A e C e ao Complexo B, que garantem o bom funcionamento do sistema nervoso. 

Peixes e frutos do mar: diminuem o cansaço e a ansiedade, pois contêm zinco e selênio, que agem diretamente no cérebro. Cereais integrais e chocolate (com moderação) também são ótimas fontes de zinco. O selênio também pode ser encontrado no atum enlatado e na carne de peru.

Laranja: promove o melhor funcionamento do sistema nervoso. É um ótimo relaxante muscular, ajuda a combater o estresse e prevenir a fadiga. A fruta é rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do Complexo B. A ingestão de vitamina C inibe a liberação de cortisol, principal hormônio relacionado ao estresse no corpo.

Castanha-do-pará: melhora sintomas de depressão, auxiliando na redução do estresse. Também é rica em selênio, um poderoso agente antioxidante. Uma unidade ao dia já fornece a quantia diária recomendada de 350mg. 

Alimentos ricos em vitaminas do complexo B: Quando o estresse está presente, o corpo utiliza a glicose desordenadamente, consumindo então as proteínas do músculo como fonte de energia. O ideal então é se alimentar de alimentos ricos em carboidratos complexos e uma dose extra de proteína magra como: leite em pó, queijo minas, amêndoas e carne que contém vitamina B12; ovo, leite, banana, aveia, batata, ricos em vitamina B6.

Maracujá: Ao contrário do que diz a crença popular, a fruta não é calmante, mas sim suas folhas. As folhas contêm alcalóides e flavonóides, substâncias depressoras do sistema nervoso central (SNC), o conjunto do cérebro com a medula espinal, responsável pela sensibilidade e pela consciência. Por isso, elas atuam como analgésicos e relaxantes musculares.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0