Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Brek

O tópico dos Smartphones - Android vs iOS vs Windows vs O Resto

Recommended Posts

Não que o iPhone seja ruim, mas não é tudo o que dizem e com certeza o Android é um sistema bem mais prática e amigável.

Jurava que a interface do iPhone seria algo melhor, futurista, de tanto que falam, mas também achei bem simples e em parte até ultrapassada.

Na real o sistema mais fácil vai ser normalmente o primeiro que você usar. Você não sabe nada, vai aprender tudo ali. Aí você troca de sistema. O que era pra ser no menu A tu tem que ir até o menu C pra fazer, o que era no menu C você tem que ir pro A. Essa mudança irrita.

Eu gostava do Android até perder praticamente tudo 2x. Desisti e fui pro iPhone. Já estou no meu terceiro iPhone e só volto pro Android no dia que a Apple cagar tudo.

E lance do iPhone nunca foi ser futurista. Ele popularizou por ser "só isso". Não tem muito o que fazer no sistema em si. É super simples.

Falo o mesmo de sistema pra PCs. Eu usei Windows até por volta de 2005, que foi quando migrei pro OSX e desde então fiquei só nele. Quando preciso usar Windows me perco na quantidade de menus, barras, etc. OSX é só 1 barra em cima e o dock embaixo. Praticamente não uso os ícones do desktop.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

iPhone SE: o novo smartphone de 4 polegadas é tão poderoso quanto o iPhone 6S

A Apple acaba de anunciar oficialmente o iPhone SE, um smartphone de 4 polegadas que é tão rápido quanto o iPhone 6S, pois tem o mesmo processador A9.

Por que lançar um smartphone menor agora? Na keynote, a Apple disse ter vendido 30 milhões de iPhones de 4 polegadas no ano passado; em países como a China, a maioria das pessoas que adquiriram um desses modelos não tinha um celular antes. A Apple quer convencê-los a trocar de aparelho, porque a venda de iPhones parou de crescer.

O design é basicamente igual ao do iPhone 5s, com bordas planas e traseira de metal e vidro. Temos aqui também o Touch ID para desbloquear o smartphone com a impressão digital, e suporte a NFC para pagamentos com o Apple Pay.

A câmera traseira de 12 megapixels é a mesma do iPhone 6S. Ela captura panoramas de até 63 megapixels, grava vídeo em 4K, e tem flash LED de dois tons.

Há suporte a Live Photos, fotos que gravam um segundo antes e depois da captura, como se fossem um GIF – mas a tela não tem 3D Touch. Enquanto isso, a câmera frontal de 1,2 MP usa a tela como flash, fazendo-a piscar em um tom de branco.

iphonese-preco

O coprocessador M9 sempre ouve sua voz, e permite ativar o comando “Ei Siri” mesmo com a tela desligada. Temos aqui suporte a mais bandas 4G LTE e a Wi-Fi 802.11ac mais rápido. E a bateria dura até 12 horas contínuas de uso no 3G.

O iPhone SE custa US$ 399 no modelo de 16 GB, e US$ 499 no modelo de 64 GB, nas cores prateado, cinza espacial, dourado e ouro rosa.

Ele estará disponível inicialmente em 12 locais a partir do dia 31 de março – a pré-venda começa nesta quinta-feira – e chegará a mais de cem países (incluindo o Brasil) até o final de maio.

http://gizmodo.uol.com.br/iphone-se-oficial/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, L disse:

Na keynote, a Apple disse ter vendido 30 milhões de iPhones de 4 polegadas no ano passado; em países como a China, a maioria das pessoas que adquiriram um desses modelos não tinha um celular antes. A Apple quer convencê-los a trocar de aparelho

Imagina a inundação de modelos usados nos sites de leilão?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Mega disse:

Imagina a inundação de modelos usados nos sites de leilão?

Deve ter bastante mesmo, toda vez que anunciam um novo iPhone é assim. E apesar desse não ser o sucessor do iPhone 6, é um iPhone que muita gente com iPhone 5 para baixo pode querer comprar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu só tenho a comemorar! Odeio o tamanho do iPhone 6. Odeio com todas as forças! Já estava inclusive começando a preparar meu cérebro pra voltar pro Android caso a Apple não lançasse um telefone do mesmo tamanho do iPhone 5. Leram meus pensamentos.

Esse 3D touch não é o tipo de coisa que vai deixar de fazer falta em menos de 5 seg? Tipo, no começo eu sentia falta da câmera lenta do iPhone 5S. Aí percebi que nunca usava esse negócio. Foi legal só na primeira semana.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
41 minutos atrás, Christian disse:

Eu só tenho a comemorar! Odeio o tamanho do iPhone 6. Odeio com todas as forças! Já estava inclusive começando a preparar meu cérebro pra voltar pro Android caso a Apple não lançasse um telefone do mesmo tamanho do iPhone 5. Leram meus pensamentos.

Esse 3D touch não é o tipo de coisa que vai deixar de fazer falta em menos de 5 seg? Tipo, no começo eu sentia falta da câmera lenta do iPhone 5S. Aí percebi que nunca usava esse negócio. Foi legal só na primeira semana.

Tem muita gente que gosta de tela pequena mesmo. A tela grande era muito pedido por que só tinha iPhone de tela pequena enquanto outras marcas tinham telas maiores, então inventaram até o modelo Plus. Mas também tem quem goste dos pequenos, então é bom a Apple agradar ambos.

Pessoalmente prefiro grandes para assistir Netflix, ler e jogar Heartstone, mas o ponto negativo é o volume no bolso. :P

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Netflix eu assisto na TV ou no iPad. Pra esse propósito, até a tela do 6S Plus é pequena. Não tem como curtir 2h de filme numa tela de celular.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Novos Moto G5 chegam ao Brasil com preços interessantes

A Lenovo apresentou, nesta terça-feira (7), em São Paulo, o Moto G5 e o Moto G5 Plus, seus modelos intermediários. Os aparelhos estão com uma construção mais refinada, corpo de alumínio e tela menor em relação à geração anterior. Nas especificações técnicas, houve pouca evolução, e, pelo menos no modelo mais básico, o preço caiu.

Moto G5

O Moto G5 tem tela LCD de 5 polegadas com resolução Full HD, processador Snapdragon 430 octa-core de 1,4 GHz – versão ligeiramente inferior ao chip utilizado no modelo do ano passado, o Snapdragon 617 –, 2GB de RAM, 32GB de armazenamento, câmera principal de 13 megapixels, com abertura f/2.0, e frontal de 5 megapixels, e bateria de 2800 mAh com carregamento rápido.
MOTO-G5-6609
O corpo de alumínio dá uma pegada mais firme ao celular e é uma característica incomum entre os modelos mais baratos. A Lenovo adicionou o sensor de impressão digital a essa versão, e ele tem um truque interessante: além de desbloquear a tela, é possível ativar navegação por gestos. Deslizar para a direita te leva para o multitarefa, deslizar para a esquerda é o equivalente ao botão voltar, e para ir para a tela inicial é só apertá-lo.

Moto G5 Plus

MOTO-G5-6605
O Moto G5 Plus diminuiu em relação ao seu antecessor. A tela LCD, antes de 5,5 polegadas, está com 5,2 polegadas e resolução Full HD. O processador é o Snapdragon 625 octa-core de 2,0 GHz, 2GB de RAM, 32GB de armazenamento, e há um trabalho especial na câmera: o sensor principal tem 12 megapixels e abertura f/1,7 com tecnologia Dual Autofocus Pixels, que, segundo a Lenovo, deixa o foco 60% mais rápido em relação ao modelo passado; o sensor frontal tem 5 megapixels. A bateria tem 3000 mAh, também com carregamento rápido.

Curiosamente, a Lenovo decidiu incluir TV digital nesse modelo; a característica é mais comum nos aparelhos mais baratos. Outro recurso exclusivo do irmão maior é o NFC.

O design é o mesmo do Moto G5, apenas com um pouco mais de corpo; outro detalhe é que a câmera da versão maior tem uma protuberância. Os truques com o sensor de impressão digital também marcam presença.
MOTO-G5-6608
Os aparelhos saem da caixa com o Android 7.0 Nougat e, como já é tradição, vêm praticamente sem modificações e com pouquíssimos aplicativos pré-instalados.

O Moto G5 tem preço sugerido de R$ 999 – no ano passado, ele chegou por R$ 1.299. Já o Moto G5 Plus chega por R$ 1.499. Ambos estarão à venda a partir desta terça no varejo e nas operadoras, disponíveis nas cores prata e dourado.

Fonte: http://gizmodo.uol.com.br/moto-g5-moto-g5-plus-brasil/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para quem acha que salgado é interessante. Com a grana do G5 Plus eu compro um PS4 com Yakuza Zero e ainda sobra dinheiro!

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Mega disse:

Para quem acha que salgado é interessante. Com a grana do G5 Plus eu compro um PS4 com Yakuza Zero e ainda sobra dinheiro!

Verdade. Celular é uma coisa bem cara mesmo e no fim são poucos que usam os recursos que eles tem, mas em parte quem usa bastante é mais interessante do que um PS4. 

Eu tenho um Galaxy Note 4, na época acho que foi uns R$1500 por que já existia até o Note 6, normalmente pego defasado um pouco para ter um preço bom, mas mesmo assim usei pouco o recurso da caneta para desenhar. Peguei mais para isso. Meu próximo celular, quando este morrer, vai ser provavelmente um Moto G mesmo.

Moto G é um celular com um bom custo x benefício e roda tudo muito bem. Ao menos para o que eu uso me atende por completo. Mas provavelmente vou pegar um Moto G6 ou G7 daqui a um ou dois anos ainda, estou satisfeito com meu Note 4. Se ninguém roubar ele, ou pifar de vez, ainda vai ficar um bom tempo comigo.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Android oferecerá suporte a telas dobráveis

Google anunciou que o sistema Android vai passar a suportar aparelhos com telas dobráveis. Chama a atenção que a companhia fez esse anúncio no Android Dev Summit no mesmo dia do início do SDC (Samsung Developers Conference) em que a companhia mostrou seu aparelho dobrável — até parece que não foi combinado.

O fato é que as empresas — Google e Samsung — estão trabalhando juntas para tentar oferecer uma boa experiência para essa nova classe de dispositivos. O Google, reforçando os sinais apresentados empresa sul-coreana, informou que no próximo ano a Samsung disponibilizará seu smartphone dobrável

android_support_for_Foldables.gif

Com esse anúncio do Google, devemos esperar um ano de 2019 com algumas opções de smartphones (ou tablets) dobráveis.

Fonte: https://gizmodo.uol.com.br/android-suporte-telas-dobraveis/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×