Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 09/14/2019 in Blog Entries

  1. 1 point
    Resolvi colocar algumas resenhas que eu tenha achado interessante... Eu amei esse livro e acredito que o povo das bandas do nordeste especialmente a Família Gomes vai adorar ler. Vou colocar algumas parte que achei legais , vou colocando e depois de um tempo venho aqui e posto as outras. Bjim no coração de vocês. Mar A Máquina Ilustrações Fernando Vilela Ed. Salandra Autora : Adriana Falcão Introdução com analogia sobre o tempo e o tempo de Antonio em Nordestina. Começa com a criação do mundo do breu... Descreve a criação do Céu, terra e inferno em prosa. Deus criou a vida e da morte ,mas ainda não tinha criado o tempo. Adão e Eva sozinhos no mundo ,sem nada para fazer ,o tempo seria criado Dia e noite para acabar com a rotina (presente, passado e futuro Serventia para o nariz respirar e os olhos para olhar para o céu Verbo e muitas outras coisas Nordestina,longe guiso - Antonio em o moço do café. Ele era apenas conhecido como Antonio de dona Nazaré(filho mais velho) Pedidos a Deus por mês, abril, agosto e dezembro. (saúde, dinheiro e felicidade) Adeus em Nordestina não faltava todos saiam a cidade foi ficando abandonada.,,pois não tinha NADA Se apaixona pela moça de olho apertado – Karina tudo o encantava como resto todo , o perfume... A cidade de Nordestina precisava de sonhos ,suas ruas foram ficando com cheiro de coisas guardada sem dono. Antonio ficou amigo do tempo, dialogava com ele. Antonio quando via Karina só pensava besteira solteira e casada Toda moça devia ser bonita e toda moça bonita queria ser artista de TV. Antonio queria encontrar palavras para dizer EU TE AMO, mas não era com essas palavras que havia de dizer coisa importante. Com tanta palavra nenhuma servia para dizer o que ele sentia por Karina, começou a inventar palavras
×
×
  • Create New...