Ir para conteúdo

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 24-01-2012 in all areas

  1. 5 points
    Apesar de muitos perrengues, foi um dos melhores anos da minha vida!
  2. 4 points
    Infelizmente esse tipo de multi jogador se tornou uma relíquia do passado, com a melhoria da internet esse tipo de mecânica se tornou obsoleta. No seu caso utilize seu telefone para jogar, não é bom acumular dividas para um bem supérfluo que perde o valor no momento que se abre a caixa, dividas em cima de dividas se tornam uma avalanche, que vai piorar o seu inferno astral. Sei que esta cansado e algo divertido para esquecer dos problemas é interessante, mas é melhor consertar sua casa e pagar as dividas antes de contrair mais. mais sugestões: http://store.steampowered.com/app/322910/Warhammer_40000_Regicide/ https://solutions.softonic.com/games/eclipse-new-dawn-for-the-galaxy É
  3. 4 points
    A demissão não é ruim. O ruim é quando não te falam pq vc foi demitido. Ou quando vc é demitido por conta de uma mentira ou conluio de gente que chega ao ponto de inventar uma situação para que vc possa ser demitido. Isso é ruim. Falar a real é a melhor coisa.
  4. 4 points
    Não pegar DPs. Entrar como aluno especial no mestrado. Fazer os produtos das start-ups em que estou trabalhando bombar. Bombar meu github com aplicações maneiras diversas que eu fizer Aumentar meu fluxo de freelas. Preparar materiais para palestras, quem sabe aplicar alguma ainda esse ano. Finalizar meu site/portfolio/blog técnico. Começar a escrever um projeto de pesquisa. Perder 10Kg. Quem sabe ler a Kabbalah Começar a meditar. Agora que estou saindo do mundo frenético que te faz cheirar pó pra sobreviver (mas que eu gosto muito) das agências e entrando 99% no mundo da pesquisa e inovação... ...(mas aquele 1% faz freela e elas gostam)... ...tenho bastante coisa pra fazer até me inserir de vez no meio, mas... ...tá tranquilo, tá favorável. Aliás Christian, em que região desse Brasilzão vc trampa? Podemos fazer aquele network. Do mais, estou buscando me sentir bem comigo mesmo por dentro e por fora, e obter a paz de espírito que desejo, embora já seja uma pessoa muito de boas.
  5. 4 points
    queria fazer uma videogame, mas como primeiro exercício talvez o tabuleiro será melhor para o aprendizado, ja que vou me preocupar com o design, jogabilidade e balanceamento, muitos desafios ao mesmo tempo poder ser frustrante demais.
  6. 4 points
    Custou pra mim abandonar o Facebook e outras redes sociais. Rolou uma ponderação extensa, um receio quanto à possibilidade de estar me marginalizando interneticamente. De fato eu estava. Pelas beiradas do reino social internético é que eu vou colhendo algumas informações e levando pro meu esconderijo. É mais ou menos assim. Pra que eu preciso disso, eu pensava. Não sou do tipo que se anima em mostrar fotos dos lugares aonde eu fui. Exclui-se essa parte importante da ferramenta então. Pensei sobre os muitos contatos que eu tinha lá, de pessoas que eu não via há muito tempo e de que eu tinha a impressão que só as teria por ali mesmo. Fantasmas! Sei lá, talvez eu seja pouco compassivo, pouco sentimentalista, mas não quero mesmo ficar rodeado de parentes que me são mais estranhos que o cobrador do ônibus. Melhor que isso mesmo é poder precisar deles qualquer hora e ter que procurá-los. Sei que vai dar até uma sensação de importância, singularidade nas suas cabecinhas. Todo coração, vaidoso, adora saber que foi procurado. Então prefiro assim nesse aspecto, prefiro poder já estabelecer qualquer mínimo contato criando algo mais forte que a conveniência da onipresença virtual. Que mais? Os grupos. Bom, não acho que sejam grupos. 100% dos que participei eram "amontoados". Os que eu criei, na tentativa de fazer algo próximo disto aqui que temos neste fórum, não deram muito certo. Saíram como um espectro, meio disforme, meio vazio, que a galera não procurava, tropeçava nele. "Ah, já tô aqui mesmo..." Educação, então. Talvez eu pudesse colocar lá alguns pensamentos interessantes, alguma coisa que pudesse gerar uma discussão saudável, que fizesse umas crianças pensarem coisas que nunca pensaram. Mas então eu via que no Facebook eu era um náufrago numa ilha cercada por um mar de paixões muito vaidosas, e com isso estava lá participando como eu acho mesmo que se deve participar da ferramenta, colhendo um ou outro pensamento, colocando numa garrafinha e atirando a esse oceano imenso na esperança de ser lido, lembrado, reafirmado. Custou também chegar a essa conclusão, porque eu queria recusá-la por achar melancólico e mórbido demais. E o que aconteceu, realmente? Eu tive mais resultado, nesse quesito, largando o Facebook do que tentando cativar alguém por lá com alguma ideia ou pensamento interessante. Muitas vezes quando alguém me pergunta a razão de ter abandonado as redes sociais e eu explico, vejo uns olhos abstraídos, como se se estivesse realmente digerindo aquela informação, procurando a pertinência da coisa. Aí eu fico esperançoso. Além do mais, pensamentos e reflexões? Tem tanta gente já fazendo isso muito melhor do que eu, colocando ainda fotos de gatinhos e bebês! Pensei que talvez eu pudesse usar pra trabalho. Aí eu concordo! A ferramenta é útil pra divulgação, pra exposição etc. Mas eu sou meio babaca, eu gosto de me esconder. Eu ainda não aprendi a superar um orgulho que me priva da autopromoção. Respondo perguntas com franqueza sobre o que penso de mim mesmo, mas não consigo ainda bater na sua porta num domingo de manhã pra dizer "oi, tem um minuto pra ouvir minha palavra? Eu sou tão legal!" Não consigo. Há mais coisa, mas, nossa! Olha essa bíblia! No geral, eu ganhei mais tempo, me aborreço menos com desinformação e hipocrisia (mas eu também sou hipócrita. Não vou dar uma de paladino, não), estou recuperando o prazer em expressar minha opinião na internet, assim como estou fazendo aqui, agora, sinto ter um contato mais real com pessoas de que eu gosto e me envaideço em perceber que minha presença hoje tem mais valor , porque "estou sumido." Eu tenho que dizer que me comoveu sua descrição, Goris. De verdade! Acho que tudo isso que você disse, apesar de triste, é bom. Expressa um laço de afetividade que parece ir buscar origens tão longes quanto sua genética. Você comentou noutro post que, entre responder no fórum e ficar com sua mulher, prefere ficar com sua mulher. Tomando isso tudo que você disse no último post, eu vou lhe dizer que acho que você está fazendo muito, muito bem. Aproveitar a presença de alguém que se gosta em detrimento de qualquer outra coisa também importante não tem preço, nem tem também substituição. Apesar de eu achar que todo instante é único, tenho a impressão de uns instantes são mais únicos que outros. Hahaha. Seu pai é da hora, Mega. Mas eu acho que entendo sua preocupação.
  7. 3 points
    Foi um ano esmagador, em todo o sentido da palavra Esmagador por ser pesado: O peso de ser responsável por algo é indescritível, todo mundo acha que ser líder, patrão e chefe é fácil e tudo é festa, até que você tem que tomar uma decisão dura e impopular. Me deram uma chance para dar certo, aproveitei a oportunidade, sai correndo, botei a cara pra bater e lutei muito, foi difícil, estressante e muito cansativo, mas ainda não acabou 2020 tem mais e muito mais. Irei tomar a decisão mais difícil da minha vida e estou inquieto porque é mais fácil ficar onde estou onde é muito cômodo ou poder crescer e ter um futuro, realmente essas férias são o momento de ponderar o que eu quero fazer daqui em diante. Pesado também é a realização que muitas pessoas vão ser escravos do dinheiro para sempre porque tomam decisões financeiras estúpidas por mais que você avise ou aconselhe. É horrível saber que seu próprio sangue que não estão interessados em manter um nível de conforto e decência para seus pais que estão lentamente se tornando idosos. o Silencio é ensurdecedor. Esmagador por ser Tirânico: Todo mundo te admira, puxa seu saco e acha legal o que você faz até que você tem que ser "mal": Dar uma bronca porque o seu liderado se recusa a aprender. Tudo eram risadinhas, promessas de vou melhorar não vou fazer isso na próxima vez ou simplesmente passou pelo ouvido e saiu pelo outro. E depois acha ruim que levou esporro por fazer as coisas de modo leviano e irresponsável. Ter que ser “invocado” porque as pessoas não estão performando bem e sua presença é “vital” para as coisas acontecerem. Porque ninguém quer ser o carrasco ou o malvado e você já tem esse “chapéu”, virando uma caricatura. Ser “aquele cara” que tem que “consertar” as coisas botando os incompetentes pra correr em modo de pânico porque não conseguem fazer uma coisa sem dar merda, serio não conseguir fazer um deposito bancário, sendo você um caixa de banco há mais de 10 anos? Não consegue fazer nada sendo que você é o encarregado da area? Esmagador por ser Quebrador: Ter que cortar a relação de amizade porque é tóxica e a pessoa é um vampiro emocional. Relacionamentos são complicados porque as pessoas interpretam de modos diferentes, o meu grande problema foi fazer um gesto de cortesia profissional e o outra vê como um gesto romântico. Tá certo que depois fui saber o porque: a pessoa era carente, em tudo, até na área emocional, portanto não só queria a mão mas o pé de modo extremamente possessivo. Ter que quebrar a própria mentalidade porque você tem que crescer do pior modo possível, puxadas de tapete e enganações, mesmo após anos ainda você tem que aprender a não confiar muito no que é prometido, mesmo que a pessoa seja de confiança. Ver que sua vida não é “Graças a Deus que é Sexta” e “Eu Odeio as Segundas” ficar acomodado discutindo merda que não tem impacto nenhum da sua vida, realmente entendo 1 Coríntios 13:11 “Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.” Realmente o que muda ficar brigando por marca de videogame, time de futebol e comentando serie de Netflix? Descansar é importante, lazer é vital, mas fazer disso o assunto de 100% das minhas conversas e isso ser o norte da vida não esta certo. Ter que quebrar hábitos que não são bons ao longo do prazo, esse é um dos mais difíceis, tenho um monte pra melhorar como pessoa, profissional e ser humano, mas não precisa ser hoje nem amanhã. Autocriticar é importante, muitas vezes não gosto do que vejo. Ser honestamente brutal é importante, muitas pessoas não compreendem porque sou assim, mas o que digo não é mentira. Melhor uma verdade amarga que uma mentira doce, já chutei muita canela e bati muita cabeça, mas para mim é a melhor coisa a se fazer. Prefiro dizer que a pessoa vai morrer ou perder uma parte do corpo por ser negligente e não fazer o que deve ser feito: ir no médico e procurar um tratamento, não me venha com esta melhorando logo passa. Esmagador por ser Destrutivo: Ter de ser duro e honesto com as pessoas, falar na cara porque a pessoa é incompetente e as razões disso. E foi duas vezes com a mesma pessoa, realmente tá difícil de lidar com: “Ai como você é difícil” ou “Como você é grosso”, se a pessoa não consegue acordar na hora e literalmente começa a fazer a programação durante o caminho do evento e não informar os participantes adequadamente o que vou fazer, passar a mão na cabeça e dizer tudo bem? Ter que destruir expectativas que eram fantasiosas nas pessoas, o infeliz pensa que tenho de prover apoio moral, físico, psicológico, espiritual e afetivo. Não sou seu pai, amante, marido ou pastor, sou seu colega de trabalho e não estou interessado em iniciar um relacionamento amoroso com você, não se esqueça que voce tem um namorado. Ver que quem você admira é um ser falho, muito falho, sempre temos a destruição de como víamos uma pessoa/empresa, esse ano foi dose. Muito do que achava e pensava foi pro saco de lixo porque não era a realidade, apenas uma montagem mal feita da minha percepção falha. Tive de acabar com uma parceria comercial de mais de 20 anos, porque cometeram atos imorais, antiéticos e são extremamente incompetentes. Esmagador por ser Indiscutível: Valores são importantes, tanto pessoal como profissional, pessoas com valores diferentes agem de outros modos, até aí tudo bem, mas pra mim é inegociável certos valores, não vou mentir, bater um carteirada porque sou chefe ou roubar porque todo mundo faz desse modo, simplesmente NÃO. Por mais que tenha lucro não vou fazer negócio com gente que é moralmente dúbia, simples assim. Foi um ano duro, mas tenho de agradecer por ter me ensinado de um modo que não vou esquecer, mas um novo ano novas chances de ser uma pessoa melhor.
  8. 3 points
    Tópico oficial para artigos e matérias de História, que muitas vezes não precisam de um post só. Norton I, Imperador dos Estados Unidos Cardoso - Contraditorium 150 anos atrás era coroado o primeiro e único Imperador dos Estados Unidos da America, talvez o maior de todos os malucos-beleza. A história é comumente tomada como ficção, por ter sido popularizada em Sandman, de Neil Gaiman, mas é incrivelmente verdadeira. Joshua Abraham Norton era um inglês morador dos EUA que foi muito rico, até perder tudo em um investimento mal-planejado, importando arroz do Peru. A batalha judicial com os credores o desestabilizou mentalmente, a ponto de sumir do mapa, levando anos para voltar a São Francisco. No dia 17 de Setembro de 1859 ele enviou uma proclamação a vários jornais, onde se declarava Norton I, Imperador dos Estados Unidos. Achando que era brincadeira, alguns publicaram. Outros decretos se seguiram, onde ele dissolvia o Congresso, dava ordens ao exército, etc. Claro, ninguém prestava atenção. Era apenas um sujeito arruinado, quase um sem-teto, vivendo em um quarto de pensão cuja diária custava 50 centavos. Só que Norton era uma figura extremamente simpática. Ao invés de expulsá-lo os comerciantes o recebiam bem. Com o tempo o Imperador virou figura folclórica. Ele coletava impostos (geralmente 50 centavos) e era convidado a comer nos melhores restaurantes. Depois disso placas de bronze eram colocadas na porta, dizendo “Indicado por Sua Majestade Norton I, Imperador dos EUA”. Isso aumentava a freguesia, e logo Norton tinha mais convites do que tempo. Peças e Concertos sempre reservavam um camarote para ele. Fora os “impostos” a única fonte de renda de Norton eram seus bônus imperiais e papel-moeda. Não só o dinheiro que ele emitia era considerado item de colecionador, como vários estabelecimentos comerciais aceitavam as notas. Norton inspecionava os bondes, escolas e vias públicas, mantinha correspondência com outros monarcas e dizem até ter se encontrado com Dom Pedro II. Seus decretos iam dos mais loucos a ordens como criar uma Liga das Nações e construir uma ponte na Baía de São Francisco – considerado na época uma idéia doida. Ele usava um fardão imperial, doado por um general do Presídio de São Francisco, quando ficou rasgado demais, ele ganhou outro, da municipalidade. No censo de 1870 ele aparece listado como “Imperador”. Em 1967 Norton foi preso por um policial babaca de nome Armand Barbier, que o tentou levar para um manicômio, para internação involuntária. Uma série de editoriais nos jornais atacou a atitude do filho da puta. Norton foi solto, e Patrick Crowley, Chefe de Policia fez um pedido de desculpas formal para o Imperador, em nome de toda a Força Policial: “Ele não derramou nenhum sangue, não roubou ninguém, não pilhou país nenhum. Isso é mais do que pode ser dito de outros Imperadores” Depois disso todos os policiais de São Francisco passaram a saudar o Imperador, quando passavam por ele nas ruas. Em 8 de Janeiro de 1880 aos 61 anos Norton estava a caminho da Academia de Ciências da Califórnia, onde faria uma palestra, quando teve um ataque e morreu, na rua. Os jornais estamparam manchetes com o falecimento. O San Francisco Chronicle publicou “Le Roi Est Mort”, junto com um lindo e respeitoso obituário. Todos sabiam que ele era um louco que se achava Imperador, mas um maluco inofensivo e querido, que nunca mostrou ganância, crueldade ou má-intenção. Norton era o pequeno agente provocador, a pequena dose de aleatoriedade que torna a vida menos monótona. E também não era nenhum golpista, como alguns chatos alegavam. Suas posses se resumiam a uma coleção de chapéus, cinco ou seis Dólares em moedas, US$2,50, uma bengala, uma espada e alguns papéis. Ele ia ser enterrado como indigente, mas a Câmara de Comércio da cidade intercedeu e pagou por um funeral digno. Norton I Imperador dos Estados Unidos foi enterrado com honras de chefe de estado. Seu cortejo foi formado por 30 mil pessoas e teve mais de 3Km de extensão. Sua lápide traz “Norton I Imperador dos Estados Unidos e Protetor do México” Joshua Norton mostrou que você não precisa nem sequer ser são para fazer do mundo um lugar melhor. Fonte: Contraditorium, SFGate e Wiki de Verdade Caras, descobri há pouco tempo o Contraditorium, mas adoro o estilo despojado de escrever do Cardoso. Se curtirem o texto, dêem uma visita (e view) ao Contraditórium e comentem algo lá, para o autor ver que textos de curiosidades históricas são legais e geram views.
  9. 3 points
    É um mecanismo anti flood, quem cuida disso é o Ellion Cold, o Dr Brek.
  10. 3 points
    Valeu. Mas não foi algo que entendi muito bem a princípio. Durante muitos anos vivi com o fantasma da falta de dinheiro (não que hoje eu tenha sobrando), eu sempre deixei de comprar as coisas que queria porque tinha sempre algo mais importante a comprar. Pagar a casa, pagar o carro, pagar as contas, pagar as emergências... Mas eu sempre pensava "Quando melhorar, vou me dar tudo isso que estou deixando pra trás". Quando finalmente as coisas se acertaram (mais ou menos) deu uma certa tristeza, era como se tudo que eu deixei de ter antes para ter hoje, eu tivesse perdido. O consumismo tem disso. Mas hoje estou de boas.
  11. 3 points
    Olha, estou enojado com os petistas nesse pós eleição! Não esperava isso deles! Estão enchendo o meu saco...
  12. 3 points
    O bandido sabe trabalhar com o o sistema TQM, realmente inusitado... E dizer que somente tem isso pra sobreviver é balela, voce sempre tem escolhas
  13. 3 points
    Estou ansioso para assistir. Espero que seja bom, ainda mais com a adição do Terry Crews que normalmente é hilário. E se você diz que a ação ficou melhor, fico ainda mais ansioso para assistir. Com sorte vejo semana que vem.
  14. 3 points
  15. 3 points
    Meu próximo personagem de uma aventura literária.
  16. 3 points
    O bom que eles tem um programa BEM barato com mais de 100 jogos onde vão por até mesmos os próprios jogos exclusivos na data de lançamento! https://www.xbox.com/pt-BR/games/xbox-game-pass Não é streaming. Você de fato fica livre para baixar e jogar o que quiser enquanto for assinante e o bacana que eles de vez em quando fazem promoções, então o preço cai para 15 reais ou até 1 real como já aconteceu.
  17. 3 points
    Um xbox one por menos de R$800 ? Pra mim está ótimo! Acho que vou querer sim, já que desisti do notebook e meu play 3 está com um pé na cova! Claro, aguardo tranquilamente alguns meses! Mesmo que eu não tenha dinheiro pros jogos, pelo menos vou poder assistir netflix nele...
  18. 3 points
    A tentativa da Marvel para capturar os SJW não deu certo, o grande problema é somente colocaram o personagem novo mas mantendo os mesmo paradigmas, Miles Morales é um Peter Parker afromexicano, o que muda na historia? nada, só muram a cor da pele dele e ficou nisso mesmo... A maioria dos quadrinhos escritos pelos SJW venderam muito mal, tanto que o editor chefe foi demitido. Deixe o Thor Odison ser o Thor, Deixe o Bruce banner ser o Hulk, Deixe o Tony Stark ser o Homem de Ferro, São personagens que possuem um longa historia com aventuras fantásticas, só porque são homens brancos heterossexuais não quer dizer muita coisa... Pessoas não gostam de mudanças desse calibre, nunca diga: "Agora esse é o novo produto que vai substituir o que vocês tanto gostam" aprendi isso quando a coca quis mudar o sabor do carro chefe... o prejuízo e o dano na marca foram horriveis, de ao cliente opções de escolha.
  19. 3 points
    Nunca gostei de frutas cristalizadas e nem de passas, então sempre preferi o chocotone ou algo parecido. Mas este ano a saúde atacou aqui, estou bem intolerante ao leite. Não fiz exame algum, mas testei com e sem leite da dieta para ver e com leite passo mal, sem leite passo bem. Então devo evitar, aproveito para cortar leite de vez da dieta agora.
  20. 3 points
    em 1500 em construir navios era tão experimental como construir naves exploração interplanetária, a tecnologia existia, pessoas tinham uma certa noção como fazer, mas nem sempre as coisas dão certo como se imagina. E a corrida para fazer a arma mais poderosa do mundo estava correndo.... Construir o maior canhão do mundo, o maior encouraçado, o maior avião, tudo isso não passa de um símbolo de demonstração de poderio tecnológico do que algo realmente útil.
  21. 3 points
    Sobre poupar, estou começando de leve. Cem reais por mês vai pra poupança, é pouco mas é melhor do que nada. Vou ver se é possível aumentar a quantidade mensal... Mas não acredito em planos privados de aposentadoria. Qual é a vantagem em relação à poupança? Ainda mais considerando que estamos em um país onde é normal bancos quebrarem e o povo ficar a ver navios! O medo de calote é grande demais.
  22. 3 points
    O Ambroxol curtiu o seu post mas não respondeu a pergunta!
  23. 3 points
    A BrekGround tem uma grande história de altos e baixos, mas chegou o dia do fim. Uma hora este dia chegaria, então chegou. Declaro a todos oficialmente a morte da BrekGround. A todos que participaram da sua história, meu sincero agradecimento. O que isso significa? É mesmo o fim? Não. Como uma fenix, já renascemos a um bom tempo como BrekGO. Porém, o domínio BrekGround.com continua ativo e redireciona para o nosso fórum. Esse domínio irá encerrar no dia 10/04/2017 e eu não mais pagarei pela sua renovação. Na prática, se alguém acessa a BrekGO pelo endereço BrekGround.com deve mudar para BrekGO.com ou o link direto para o fórum BrekGO.com/forum Repetindo, o domínio http://brekground.com será eliminado no dia 10/04/2017. Daqui a 30 dias. Para continuar acessando o site ou fórum deve-se utilizar o domínio http://brekgo.com ou o link direto ao fórum http://brekgo.com/forum
  24. 3 points
    A BG esta morta, Vida longa a BG!
  25. 3 points
    Mas era um outra condição. Agora, vc trabalha, está pagando sua casa própria. Todo problema que aparece, vc tem que resolver sozinho. É outra condição. Uma coisa é prestar um vestibular - nível ensino médio. Outra coisa, é prestar um concurso federal. É para bem pouca gente. Tenha consciência disso. Por isso, está bem difícil. Não é um retrocesso. Seja mais amigável com vc.
  26. 3 points
    Sei o quanto é chato...vi pessoas da minha turma serem demitidas,porém como o Christian falou,mereceram. A gente sente porque deseja ver todo mundo bem, mas se a empresa vive de uma determinada produção e um dos trabalhadores contratados não faz sua parte ,sempre sobrecarrega todos do grupo.É uma consequência de relaxamento com o trabalho,falta de compromisso... Tem gente que vai se encostando o quanto pode nos outros ,até que é descoberta , aew ferrou!
  27. 3 points
    A previdência é o menor dos problemas. A ALERJ, em 2011, custava R$ 20 milhões/ano aos cofres públicos e se vangloriava de "ter dinheiro sobrando" (fonte). O custo dos salários do funcionalismo público no Brasil chega a R$ 130 bilhões (fonte). O "investimento" em saúde foi de pouco mais de R$ 100 bilhões em 2015 (fonte). Coloquei investimento entre aspas porque o custo da corrupção está aí dentro. Já vi comentaristas falando de desvios por volta de 60% desse valor. Eu mesmo acredito nisso porque já trabalhei com licitação e a maioria do dinheiro é desviado mesmo. Se você não paga propina você não faz negócios, mesmo quando é licitação. Então, se as coisas fossem feitas como deveriam, teríamos dinheiro sobrando. Previdência não seria problema, seria sim uma forma de agradecer a aqueles que trabalharam pelo país e se aposentaram. Não podemos esquecer que um político pode se aposentar após 8 anos de trabalho e acumular salário. Essa folha de gastos é muito grande. A disparidade entre salários e tempo de aposentadoria é enorme. O trabalhador que ganha salário mínimo tem que trabalhar 40 anos pra se aposentar. Políticos eleitos possuem salário de R$ 10 mil e podem se aposentar em 8 anos. Isso é muito injusto. Voltando ao Rio, a aposta nos royalties do petróleo foi tamanha que gastaram o que não tinham. O problema do Rio é que ele ainda está esperando esse dinheiro.
  28. 3 points
    Ontem foi meu aniversário. Como segunda é dia de um evento importante na empresa, me chamaram pra ajudar na parte de informática (gráficos, apresentações, coisas simples) e fiquei trabalhando até mais tarde, mas como só ia ter um jantar com a esposa não vi problema. O problema é que a Maressa apareceu lá em casa, juntou com minha esposa e decidiram fazer uma festa surpresa com mais amigos. Obviamente, festa surpresa e ninguém me avisou. Quabdo cheguei em casa, horas depois, a turma já tava toda querendo ir embora. Hua hua hua E a esposa ainda achou que eu cheguei tarde porque tava bebendo com os amigos. Hua hua hua. Bom, mas foi vem.legal ver tanta gente. Pena ter chovido na hora que eu ia fazer um discurso, acabei não fazendo. Bom, divertido. Sem Idéias para Assinatura. Enviado de meu Moto G 3° Geração
  29. 3 points
    Um pouco de cada coisa... Realmente hj em dia falta um pouco de paciência até mesmo para tentar entender o outro ,ter empatia... Tudo tem que ser rápido,sem tempo para pensar,como o apertar de um botão.Uma geração marcada pelo imediatismo. Enviado de meu LG-P714 usando Tapatalk
  30. 3 points
    Tremendo babaca até acompanhei isso pela TV e para ele foi apenas um elogio -_- Geração atual é uma piada sem fim.
  31. 3 points
    1- Desde de ontem estou trollando na players, travei o tópico de imagens por uma página inteira. Usei o veganismo como estopim, o resto foi só eles me dando corda para trollar mais! Demorou muito até eles entenderem o que estava acontecendo! 2- Vou amanhã até o juizado abrir um processo contra um calote de 900 reais. Que desgaste... 3- Estou pronto para fazer uma super refeição viva, já germinei mais trigo, comprei cenoura, muitas laranjas para fazer suco na hora, etc, etc... 4- Estou me inscrevendo e estudando para vários concursos públicos, torçam por mim.
  32. 3 points
    Sobre o privilégio branco Esses dias eu me senti muito mal na rua. Estava vindo pra casa uma mulher caminhava perto de mim. Mulher bem vestida, por volta dos 30, devia estar voltando pra casa após o trabalho. Eis que surge um negro vindo no sentido oposto. Ele não estava mal vestido, não tinha vestimenta típica de bandido (cordão, aquele jeito de andar tipo "cantor de rap", camiseta muito larga, etc), era apenas uma pessoa normal com tom de pele escuro. A mulher veio pra perto de mim e só faltou se agarrar no meu braço. Algo do tipo "você está aqui pra me proteger." Foi a primeira vez que aconteceu e falo que doeu um pouco. Ali vi a "confiança" eu passo simplesmente por ser branco e estar dentro dos padrões. A parte irônica é que eu já fui assaltado 3 vezes: primeira vez eram loiros, na segunda vez eram 2 carinhas brancos e, na terceira vez, era um grupo de delinquentes (tinha branco e negro nesse grupo). Ou seja: em toda minha vida, fui assaltado quase que exclusivamente por brancos. Por isso que sou contra cotas por raça. Acabam gerando mais desigualdade.
  33. 3 points
    Estou conseguindo resolver pendências! Estou resolvendo vários pepinos ultimamente e ao mesmo tempo me auto suprir. Estou fazendo refeições em casa muito boas!
  34. 3 points
    Tire o açúcar refinado de sua vida. Não serve para nada em termos de nutrição e ainda causa danos. O açúcar refinado no sangue, cria um ambiente propício para a proliferação de fungos e, consequentemente, bactérias nocivas. O corpo faz o processo de desintoxicação constantemente. Mas com o passar dos anos, o metabolismo muda e a desintoxicação do corpo não consegue lidar com tantos tóxicos ao mesmo tempo. Coma mais vegetais, dê preferência, não cozidos - sem sal e sem óleo refinados. Use temperos como suco de limão, cebolinha, alho, cebola em saladas coloridas. Coma mais frutas. Diminua a quantidade de carne e laticínios:
  35. 3 points
    Gostei do lanche...amo sucos naturais! Me interessei pelas novelas ,lembro que há alguns anos assisti algumas indicadas por vc. hj fui a uma cidade vizinha de moto com meu filho,como cavalgar grandes distâncias a cavalo não dá e um bom cavalo custa quase o preço de uma moto...acho que meu futuro será ter uma motinha para me locomover por aqui... Bem ,daqui a alguns meses voltarei ao casarão Boa Vista onde foi gravado dezenas de novelas de época...postarei fotos para vcs. Vcs que vivem uma vida corrida deveriam visitar mais o interior e ficarem hospedado em grandes fazendas a um bom preço...alguns artistas como o casal Angélica e Hulk dentre outros chegam sempre por esses lados de helicóptero e ficam alguns dias andando a cavalo ,charrete,tomando banho de rios,pescando... Um amigo meu é o gerente de uma delas e uma amiga dona de uma hospedagem no estilo colonial.Tirarei fotos legais para vcs conhecerem o local. Bem ,meu marido subiu a serra e se encontra no pico do Chapadão...por isso essa hora e eu ainda aqui na cama com o notebook...kkkk Queria ficar até amanhã...mas o sono vem...rs
  36. 3 points
    Acho que o erro aqui é o golfinho estar no oceanário, pois o correto seria viver em natureza. E quem quisesse vê-los de perto, que vá a natureza (recentemente os vi em Natal-RN, são magníficos mesmo). Mas abuso sexual e reprodução artificial não é a mesma coisa, pois a primeira até pode acontecer sem cuidados e até com o animal sendo machucado, mas o segundo feito por alguém competente não causa danos ao animal. Então, houve sim um sensacionalismo na notícia. Nesse caso, é algo legal. Apesar de não ser ético manter animais em cativeiro para o entretenimento.
  37. 3 points
    Sem muitos planos este ano. Em 2015, com o problema de câncer de meu pai, acabei deixando de me inscrever na UFF (passei pra engenharia pelo ENEM) por dois motivos, 1 pra ajudar caso preciso e 2, pro caso do pior acontecer, não perder o ano de novo (tenho 2 semestres de 5 meses de engenharia - não completei um, tive que sair, no outro nao tbm não completei 1 e tive que sair)... Mas ia fazer o ENEM de novo pra poder fazer engenharia este ano... Acabei não esquecendo de me inscrever. Então, um plano é fazer o ENEM e conseguir nota suficiente pra pegar engenharia de novo. Outro plano é comprar um carro antes do fim de junho. Financeiramente estou Ok este ano, mas os prognósticos da crise são terríveis e talvez eu deixe de lado esse plano. Tava com o projeto de ir pra França, Alemanha e, talvez, Itália nas férias, mas acho que tbm vou voar mais baixo, provavelmente passarei uma semana na Argentina e uns dias no Uruguai... De resto, nada de planos.
  38. 3 points
    http://cdn.themis-media.com/media/global/images/library/deriv/998/998987.png
  39. 3 points
    Não podemos esquecer das muitas contribuições e avanços que a Dilma fez..... para os comediantes do Brasil. Vamos ver como os partidos jogam suas cartas.
  40. 3 points
    Nossa! Está lindo o fórum Adorei o efeito de neve. Muito fofo
  41. 3 points
    Oi, Gente Faz muito (muito, muito...) tempo que não apareço na BG, mas assisti uma série que me entusiasmou tanto. Resolvi escrever este tópico a respeito É uma série coreana. Chama-se Bad Guys. História policial. Há alguns aspectos que lembram o anime Psycho Pass, pois, na história, é criada uma unidade especial da polícia composta por um delegado (suspenso por comportamento violento), uma inspetora e 3 presidiários. Os 3 presidiários trabalham em troca da redução de suas penas severas - e são considerados "cães", frequentemente comparados a "animais" pelo comando policial. O próprio delegado é apelidado pelo comandante de "Cachorro Louco". Delegado suspenso por conduta violenta, apelidado de "Cachorro Louco" - Oh Goo Tak Inspetora de polícia - Yoo Mi Young Os presidiários de alta periculosidade - "Os 3 Cães" Temível Gangster de cidade de Seul. Punhos fortes estilo Zangief (Street Fight) - Park Woong Chul Assassino de Aluguel - Jung Tae Soo Serial Killer. Phd em Matemática. QI 165. Recebeu diagnóstico de psicopata após ser preso. Em um teste psicológico que mede o nível de psicopatia de 0 até 40, pontuou 38 - Lee Jung Moon. Abaixo no vídeo, há uma sequência de trailers A minha impressão da série: História - muito boa. Possui um desenvolvimento surpreendente com reviravoltas. Atuação dos atores - eu gostei bastante de modo geral. Surgem personagens bem marcantes, onde se percebe que houve um cuidado detalhado na interpretação. (Não vou falar muito para não fazer spoiler). Lutas - Foram bem feitas. As cenas são vibrantes. Fotografia e música bem caprichadas também. O que me chamou atenção, muitas vezes, são as falas dos personagens principais. Usam provérbios coreanos antigos e há até momentos que citam Tolstoi: "Pecar é humano. Justificar o pecado é diabólico". Enfim, recomendo! Eu já estou acostumada a assistir produções coreanas e japonesas. A língua não é tanta novidade para mim. Mas geralmente as histórias japonesas costumam ser mais criativas e melhores, quando se compara as coreanas que assisti. Porém, desta vez, fiquei surpresa com "Bad Guys". Tanto que assisti de um dia para o outro os 11 episódios! Episódios completos e legendados em português: http://www.urameshidowns.com.br/2014/12/download-k-drama-bad-guys-2014.html http://fodaseosdireitos.blogspot.com.br/2014/12/bad-guys-legendado.html
  42. 3 points
    Graças a deus me livrei desse tipo de mídia, tanta negatividade me deixaria pra baixo. Sobre o que influencia mais, eu não tocaria nesse assunto. Pois seria preciso antes um critério objetivo de quantificação da influência das duas mídias. Eu já fui assaltado e realmente me pergunto se não foi por influência de GTA. As emissoras, além disso, podem alegar que essas barbaridades de enredo não são para normalizar, mas justamente para clarificar o quanto é errado fazer tais coisas. Definir vilania e causar pânico moral nas donas de casa, que então passariam a educar melhor seus filhos. Ou ainda reutilizar o mesmo argumento dos gamers, que essa violência é uma válvula de escape que faz o povo ficar mais calmo na vida real...
  43. 3 points
    Reino White Palácio Real O ataque mal começou e Eliel se perguntava agora se este foi o motivo para que o rei Artaner o enviasse ao invés de Auruir como tão prontamente lhe perguntaram assim que chegou no reino White. Se o rei Artaner esperava por algo assim ou se aquilo era mera coincidência apenas o futuro lhe dirá. Agora a maior preocupação é se manter vivo. Eliel fitou o rei enquanto desviava um ataque de lança e o viu apenas olhando tudo aquilo sem nenhuma expressão no rosto. Como se tudo aquilo que estivesse acontecendo não passe de um entretenimento chato. Mas Eliel não podia se perder em devaneios ou perderia a cabeça. Ele fez um sinal com a mão no ar e uma chama disforme saltou sobre o guarda que o atacou. O guarda cambaleou para trás e deixou cair a espada. Elieu a pegou e a lançou diretamente contra o rei. Apesar de não ter sido um grande lançamento e a espada fosse errar o alvo se tivesse a chance, ela foi repelida antes mesmo de chegar a mesa do rei por alguma força invisível. Pensou em como invocar um demônio no meio dessa confusão parece impossível, enquanto desviava de uma lança e lançava uma maldição de medo em outro soldado. As magias pareciam não surtir tanto efeito quanto deveriam ou os guardas é que estão mais fortes do que o comum para humanos. Provavelmente influência do poder da Caixa.
  44. 3 points
    Seja bem-vindo ao nosso grupo de amigos Tailssod! É um prazer ter você conosco! Também adoro JRPGs apesar de não ter jogado nada do gênero a tempos, torcendo para ter novidade no XO em breve. Se não sair vou pegar o Tales do PC. E furry é legal, meu avatar não deixa de ser furry também!
  45. 3 points
    Ótimo tópico! Pra quem tem uma vida social ativa, não recomendo o The Elder Scrolls Online, a minha acabou kkk... Brincadeiras a parte, o universo de possibilidades deste jogo é sensacional, e conta com um pvp revolucionário... Na minha opinião claro... Concordo que Sunset overdrive figuram junto a the witcher 3 e TESO entre os mais tops do Xone.
  46. 3 points
    Eu curto também, vi muito com minha esposa na hora de montar as coisas aqui, mas atualmente ainda está bem bagunçado. As crianças ajudam na bagunça heh. Achei muito bom a primeira. E quanto a sua sala, está mesmo muito bom. Você deixou os quadros muito bem organizados e o poster do Pulp Fiction ficou show!
  47. 3 points
    Grande Christian, cujo nome real desconheço, seja muito bem-vindo ao fórum! Espero que goste do fórum tanto quanto eu gosto de você. Uma pena que na VGBR eu foque tanto apenas nos consoles, mas curto diversos posts seus lá do geral também. Mas com a BG para dar atenção acabo dando menos tempo a VGBR. Então espero poder conversar mais com você sobre diversos assuntos aqui na BG! Além de você como vegetariano, temos o Urso que não come animais mamíferos e peixes, o Mega que é vegano e eu que aprovo o veganismo, mas confesso estar "pulando a cerca", principalmente quando saio. Já lhe dei as boas-vindas, mas darei novamente. Seja bem-vindo! Aproveito para tirar uma dúvida também, a faculdade já acabou? Em que se formou? BrekEncontros são ótimos, mas vamos deixar o pessoal se enturmar mais. Coisa de mais 5 minutos heheh... Quem sabe não planejamos um este ano. Tinha um evento por aqui, não é? Outra coisa que poderia voltar são as entrevistas da BG, assim conhecemos mais os novos amigos.
  48. 3 points
    Nunca consegui meditar. A Letícia e eu chegamos a estudar um pouco o assunto, mas o máximo que conseguimos foi relaxar, não alterar o estado de consciência. Teoricamente, meditar é sentir a própria presença com tanta intensidade que os pensamentos desaparecem, é um descanso do lado racional do cérebro, seu "ponto de vista" sobre a realidade se altera. Observando o pensador e sentir a Presença Quando alguém vai médico e diz: “Ouço uma voz dentro da minha cabeça”, provavelmente será encaminhado para um psiquiatra. De uma forma ou de outra, praticamente todas as pessoas ouvem uma voz, algumas vozes, o tempo todo dentro da cabeça. São os processos involuntários do pensar — que acreditamos que não podemos interromper —, manifestando-se como monólogos contínuos. Você já deve ter cruzado na rua com pessoas “doidas” falando sem parar, ou resmungando coisas consigo mesmas. Isso não tem nada de diferente do que acontece com você e com outras pessoas “normais”, exceto que vocês não falam alto. A voz comenta, especula, julga, compara, desculpa, gosta, desgosta, etc. A voz não precisa ser relevante para a situação de cada momento, pois ela pode estar revivendo o passado recente ou remoto, ou ensaiando, ou imaginando possíveis situações futuras. Neste último caso, ela imagina sempre as coisas indo mal e com resultados desfavoráveis. É o que se chama de preocupação. Às vezes, essa trilha sonora é acompanhada de imagens ou de “filmes mentais”. Mesmo que tenha alguma relação com o momento, a voz será interpretada em termos do passado. Isso acontece porque a voz pertence à mente condicionada, que é o resultado de toda a nossa história passada, bem como dos valores culturais coletivos que herdamos. Assim, vemos e julgamos o presente com os olhos do passado e construímos uma imagem totalmente distorcida. Não é raro que a voz se torne o pior inimigo de nós mesmos. Muitas pessoas vivem com um torturador em suas cabeças, que as amarra e pune sem parar, drenando sua energia vital. Essa é a causa e muita angústia e infelicidade, assim como de doenças. A boa notícia é que podemos nos libertar de nossas mentes. Essa é a única libertação verdadeira. Dê o primeiro passo nesse exato momento. Comece a prestar atenção ao que a voz diz, principalmente a padrões repetitivos de pensamento, aquelas velhas trilhas sonoras que você escuta dentro da sua cabeça há anos. É isso que quero dizer com “observar o pensador”. É um outro modo de dizer o seguinte: ouça a voz dentro da sua cabeça, esteja lá presente, como uma testemunha. Seja imparcial ao ouvir a voz, não julgue nada. Não julgue ou condene o que você ouve, porque fazer isso significaria que a mesma voz acabou de voltar pela porta dos fundos. Você logo perceberá: lá está a voz e aqui estou eu, ouvindo-a e observando-a. Sentir a própria presença não é um pensamento, é algo que surge de um ponto além da mente. É como se você pudesse se ver em terceira pessoa. Pelo menos na teoria. Mas eu sou um homem assombrado pelo passado. Vivenciei situações difíceis de descrever, sobrevivi mas fiquei sequelado. Não consigo meditar e pensamentos negativos me perseguem. Mas ultimamente estou aprendendo a encarar a saúde mental como um jogo de equilíbrio. É como andar sobre uma corda bamba. E isso é o que eu chamo de estar a meio caminho da meditação. Um exercício delicado de autocontrole mental, mas sem "desligar" a cadeia de pensamentos, sem alteração de consciência. É como mudar de canal sempre que aparece um comercial ruim. Não é a solução do meu problema, é uma constante fuga, como no filme inception. Por enquanto, é o máximo que eu consigo fazer para não enlouquecer.
  49. 3 points
    Rouen (França)   Anthro havia se afastado, por pelo menos duzentos metros, de onde acabara de se encontrar com Morgana. Com certeza uma mulher que sabia como esquentar um homem. Anthro passou a mão na calça e percebeu a protuberância de quinze centímetros e de formato cilíndrico. Ele pegou naquela massa de carne e retirou-a das calças. Apontava agora em direção à ela, aquela cadela. Balançou tentando chamar sua atenção até que por fim conseguiu. Ela olhou surpresa e com medo de início, mas se aproximou e então mordeu a carne. Deixou ser afagada na cabeça por Anthro e deu mais outra mordida na salsicha enquanto o homem prendia o envelope recém recebido na cintura da cachorra.   Outra salsicha foi retirada da calça e balançada próximo ao focinho do animal, ela então foi lançada longe e a cadela correu, encontrou-a e comeu. Olhou para trás, mas seu benfeitor já não estava mais lá Ela cheirou a área, mas logo desistiu e começou a andar pela rua. Anthro não sabia tudo o que poderia encontrar naquele envelope, talvez anthrax. O envelope estava vedado e não conseguia emitir qualquer odor, mas era certo que haveria alguma espécie de localizador. Morgana não iria trair seu ex-patrão por Anthro. Disto ele tinha certeza e por isso subiu pela escada de incêndio para o topo daquele pequeno prédio.   A certeza foi confirmada quando ele os viu. Morgana e mais quatro outros, todos desconhecidos para Anthro. Eles não olharam para cima, mas seguiram na mesma direção que a cadela havia tomado. Anthro riu apenas em imaginar como ficaria a cara de Morgana ao ver a cadela com o envelope na cintura. Pelo visto, de uma forma ou de outra, sua noite será toda para Morgana.
  50. 3 points
    Não é que eles sumiram, essas pessoas resolveram mudar o foco, atores mirins de sucesso sim, mas cada um desenvolveu a sua carreira de seu modo MACAULAY CULKIN ele é famoso no teatro americano, desistiu da carreira nos cinemas e foi pra o teatro, parece que ele sempre esta em peça interessantes, ele faz parte de uma serie que ainda não passou aqui chama KINGS que parece ser muito boa, pelo visto CHRISTINA RICCI hoje opera no cinema ainda mas atras das cameras ela tem sua propria produtora de filmes. HALEY JOEL OSMENT Virou um dublador, ele é responsavel pelas voz de Sora na serie Kingdow Hearts, no papel do personagem principal ele estrelou em 8 jogos seguidos como Sora, pra industria de games isso é pra sempre. HENRY THOMAS alem de ator faz parte da banda The Blueheelers, mas na filmografia dele é bem estensa, desde et não parou de fazer filmes, desde 1982 a 2013 ele não parou de atuar, claro que a maioria dos papeis não é de muito destaque, mas o que importa é estar atuando. SHIRLEY TEMPLE ela começou cedo, mas atuar durante 31 anos e estrelar 60 filmes é uma carreira de respeito, alem disso ela atuou em varias causas sociais e foi embaixatriz dos EUA em Gana/Checoslováquia em Gana trabalhou com distinção no cargo por dois anos recebendo elogios do secretario de estado americano. E sucesso é algo bem subjetivo, todos essas pessoas estão bem sucedidas, so que fora dos padrões de hollywood
×
×
  • Criar Novo...